Ministério do Turismo é apontado pelo TCU como órgão com excelência em gestão

GastaoVieira

O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, afirmou recentemente, em audiência no Senado, que o Ministério do Turismo é um modelo a ser seguido na administração pública.

Durante audiência pública promovida pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo para discutir a estruturação dos destinos turísticos brasileiros, o presidente do TCU destacou que o MTur se tornou modelo de gestão nos últimos anos. Augusto Nardes afirmou que o órgão de controle fez 11 auditorias na pasta nos últimos dois anos e ficou impressionado com os resultados encontrados.

“O TCU busca ajudar a administração pública a avançar por meio do compartilhamento de boas práticas. Hoje podemos afirmar que o Ministério do Turismo é exemplo em excelência em gestão”, afirmou Nardes.

Para o ministro do Turismo, Vinicius Lages,o aprimoramento constante das ferramentas que ajudam na tomada de decisões e no monitoramento dos programas estão entre os destaques das iniciativas adotadas pelo ministério. “Estamos desenvolvendo um sistema de georreferenciamento inteligente, que nos dará imagens de satélite das obras que têm recursos nossos”, disse Lages.

O Ministério do Turismo foi a única pasta do governo federal a ser premiada nas duas categorias do primeiro Prêmio de Boas Práticas da Controladoria Geral da União (CGU), no dia mundial de combate a corrupção, em dezembro de 2013. A premiação dupla foi dada pelo Sistema de Acompanhamento dos Contratos de Repasse (Siacor) e pelo Sistema de Controle das Demandas Externas. O primeiro deles permite verificar o andamento das obras com recursos do MTur; já o segundo, facilita o atendimento no prazo de demandas, especialmente de órgãos de controle.

Comentário do Blog – Em tempo o destaque feito pelo Presidente do TCU é um reconhecimento a gestão desempenhada pelo ex-ministro Gastão Vieira premiada por Boas Práticas pela CGU em 2013 e elogiada pela Presidenta Dilma Rousseff.

Do Blog do Planalto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *