MARIANO É REELEITO

MARIANO É REELEITO
Na última semana a eleição da nova mesa diretora da Câmara se tornou o assunto mais debatido nas rodas de conversa. Nas especulações se cogitavam todas as chances que cada um dos prováveis candidatos tinha de se tornar o (a) ocupante da cadeira nº. 1 do Poder Legislativo. No entanto, o blog estava certo e após o resultado foi proclamada a reeleição do Presidente da Casa Mariano Crateús-PTB.

OS BASTIDORES

Dois dias antes da eleição, os vereadores da base do governo travavam uma guerra pacífica em torno da consolidação dos seus nomes. A maior disputa girava em torno dos vereadores Val, Lú e Mariano Crateús. Os vereadores Raimundão e Antonio Pires falavam de candidatura a Presidência, mas apenas para marcar território. Como ninguém se entendia e chegava a nenhum consenso, os vereadores resolveram transferir a sessão da eleição que seria na última quarta (08) para a sexta-feira (10) e assim dar tempo para que as articulações fossem consolidadas. (Na foto o Vereador Mariano Crateús – Mais dois anos a frente do Poder Legislativo do município).
PARTICIPAÇÃO DO PREFEITO

Enquanto durava a indecisão dos vereadores, o Prefeito Soliney Silva-PSDB acompanhava tudo de longe, aguardando como os legisladores se portariam. Preocupados com a indefinição, os próprios vereadores teriam procurado o Prefeito para intermediar as negociações e o embate. Os nomes estavam quase todos acertados, a única briga era justamente pela cabeça da chapa e a escolha dos dois que deveriam desistir da disputa, já que três vereadores pleiteavam a vaga. O embate continuou e só começou a ser resolvido três dias antes da nova data marcada para o pleito.

O DESFECHO

Um dos mais interessados ao cargo era o atual Presidente da Casa Mariano Crateús. Reconhecendo as dificuldades da composição, o vereador resolveu arregaçar as mangas e ir atrás da costura das alianças necessárias para a sua reeleição. Esqueceu as rixas, superou diferenças e divergências e correu atrás do discurso da unidade. O destino começaria a sorrir para o vereador Mariano Crateús ao meio dia da terça-feira (07), numa reunião com o colega Val, onde conseguiu convencê-lo a desistir da candidatura. A partir daí o próximo passo seria convencer a vereadora Lú, essa considerada missão dificílima, pois a legisladora se mantinha irredutível. Após convencer a vereadora Lú, o próximo passo era conversar com os demais vereadores e correr para o abraço… E ai não deu outra, a situação estava controlada e Mariano estava com sua reeleição garantida.

A CHAPA

Além dos cargos de Presidente, Vice-Presidente, 1º Secretário e 2º. Secretário, foi acrescido o cargo de 2º. Vice-Presidente. A chapa registrada foi composta da seguinte forma: Mariano Crateús (Presidente), Lú (1º. Vice-Presidente), Luis Ramos (2º. Vice-Presidente), Antonio Pires (1º. Secretário) e Val (2º. Secretário). O resultado de toda essa correria na busca de apoios foi impressionante. A chapa foi eleita por 9 votos a 0, ou seja, o resultado alcançou a marca da unanimidade. A chapa conseguiu receber votos surpreendentes como do vereador Fernando Couto e do esclerosado Américo de Sousa.

O ELEITO

Herdeiro político do saudoso Mariano Crateús (in memoriam) e membro de uma das famílias mais tradicionais e respeitadas do município, o Presidente reeleito da Casa Mariano Crateús Filho, conseguiu se manter no cargo após intensas articulações. Aliado de longas datas do Prefeito Soliney Silva-PSDB, a relação dos dois perpassa o campo político. Se depender de D. Bidoca (mãe de Mariano – Na foto), os dois podem se considerar irmãos, pois Soliney sempre foi tratado pela matriarca dos Crateús como um verdadeiro filho.

A permanência a frente da Presidência da Câmara não tem apenas bônus e seu ocupante tem que está preparado também para encarar os ônus. Se dependesse da esposa de Mariano, o vereador não teria entrado na disputa pela reeleição. Segundo o desabafo de Lucélia a pessoas próximas, as inúmeras tarefas e preocupações inerentes ao cargo, deixaram o marido numa correria provocada por uma agenda cheia e com tempo limitado para aproveitar o lazer. “A correria é tão grande que ele não tem mais horário certo para as refeições e acredito que toda mulher de político se preocupa com isso. A queixa não se limita apenas com as questões de alimentação, isso é uma questão de saúde”, reclama, embora entendendo que a política corre a todo vapor nas veias do marido (Na foto Mariano aparece com a esposa Lucélia e a filha).

A CONFRATERNIZAÇÃO

Após proclamado o resultado o clima era de intensa confraternização. Mariano utilizou a tribuna para agradecer a reeleição e sensibilidade dos colegas em contribuir com o momento. Após os discursos, os vereadores se dirigiram para um almoço na mansão das Pimentas, oferecido a eles pelo Prefeito Soliney e a 1ª. Dama Suely.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *