Itapirema receberá as cinzas do ex-deputado Raimundo Bacelar

10349007_1479627775642444_7154476785788318848_n
Capela do Itapirema onde estão sepultados D. Maria e Duque Bacelar receberá as cinzas do filho mais velho Raimundo Bacelar

“Quando eu morrer, espero que Deus me conceda a ventura de ser cremado, e as minhas cinzas espalhadas nas plantas que ornamentam e rodeiam a capela onde repousam Duque Bacelar e Maria Bacelar, para que as flores, as folhas verdes da vegetação e a natureza, no Itapirema, se rejubilem com o nosso reencontro final, nesta última homenagem às suas memórias, e que, juntos, fiquemos até a eternidade, nesta volta final à terra em que nasci” (Bacelar, Raimundo Emerson. Duque um Predestinado, 2007).

É esse último pedido que o ex-deputado Raimundo Bacelar deixou registrado no Epílogo de seu livro Duque: Um Predestinado lançado ainda em 2007, que a sua família decidiu preservar após sua morte no último sábado (15), vítima de infarto no Rio de Janeiro – RJ.

A cerimônia final de despedida com as cinzas de Raimundo Bacelar em Coelho Neto ocorrerá no próximo dia 29 (sábado), a partir das 9h na capela do Itapirema, local onde está situado o jazigo da família.

Missa de 7º Dia

A Tabeliã de Coelho Neto Socorro Santana e um grupo de amigos realizarão neste sábado (22), a partir das 18h, na Igreja Matriz de Santana uma missa em homenagem a memória de Raimundo Bacelar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *