FOTO-FOFOCA: JOÃO ALBERTO EM PIO XII

FOTO-FOFOCA: JOÃO ALBERTO EM PIO XII

A cidade de Pio XII se prepara para receber na manhã deste sábado (11) a presença ilustre do Senador João Alberto-PMDB. Por iniciativa do Vereador Assis Filho, o senador estará no município para receber o Título de Cidadão Piodozense, aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal. O Deputado Roberto Costa também confirmou presença.

O HOMENAGEADO

A Câmara Municipal de Pio XII – MA aprovou por unanimidade na sessão ordinária do dia 13 de Março, o projeto de Decreto Legislativo de autoria do vereador Assis Filho (PP) que concede ao Senador João Alberto de Sousa o título de cidadão piodozense.

O Título de Cidadão é uma honraria concedida única e exclusivamente pelos poderes legislativos às pessoas não naturais de um determinado município. Trata – se de um reconhecimento da comunidade pelo trabalho e vida de uma pessoa ilustre que colaborou com o crescimento local.

João Alberto de Sousa nasceu em São Vicente de Férrer no dia 1º de outubro de 1935, formou-se em Economia pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas, Rio de Janeiro (RJ) em 1966.

Após terminar os estudos, iniciou carreira política, sendo eleito pela primeira vez como deputado estadual (1971 – 1975) e em 1978 eleito e reeleito deputado federal. Foi vice – governado, governador e Prefeito de Bacabal. Em 1988, candidatou e elegeu como senador pelo PMDB, de 1º de fevereiro de 1999 até 1ª de fevereiro de 2007. Atualmente foi eleito senador do Maranhão, junto com Edison Lobão, sendo o segundo candidato mais bem votado do estado com 1.546.298 votos (29,74% dos votos) segundo fontes oficiais do TSE.

Em Pio XII, João Alberto foi o candidato ao senado mais bem votado nas urnas. No Congresso, foi autor da lei que proíbe a publicidade de bens e serviços por telefone, quando a chamada for paga pelo consumidor (Lei 11.800/08), por exemplo. No Senado, foi eleito pela terceira vez presidente do Conselho de Ética.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *