Emoção marca Cerimônia de Despedida do ex-deputado Raimundo Bacelar em Coelho Neto

Parte I

As primeiras horas da manhã deste sábado (29) em Coelho Neto, foram marcados pela chegada da urna com as cinzas do ex-deputado Raimundo Emerson Machado Bacelar.

10172698_805837619458564_2748955385916095551_n
Interior da Capela no momento devocional

A capela do jazigo da família Bacelar no Itapirema foi preparada para receber de forma solene as cinzas de um dos seus filhos mais ilustres. O prédio desenhado por Genes Soares teve o ar de simplicidade de sua parte interna incrementado com flores, a urna com as cinzas, a imagem de Nossa Senhora Sant´Ana e um grande painel preto e branco com as imagens de Duque Bacelar, a esposa Maria e Raimundo, o filho mais velho.

unnamed
Painel ao fundo da Capela com a imagem de Duque Bacelar, dona Maria e Raimundo

O acolhimento na capela e a abertura para a visitação se deu em meio aos cânticos e a leitura da Bíblia embalados pela dor da saudade, enquanto familiares, autoridades e amigos chegavam para a despedida final do homenageado. No ato da cerimônia estiveram presentes os irmãos Antonio Bacelar, Luis Bacelar, Magno Bacelar, Maria Flori e Afonso Bacelar.

unnamed (5)
Da esquerda para a direita: Antonio, Luiz, Magno, Flori e Afonso Bacelar

Maria Rita, Maria Ariadne, Ana Luiza e Raimundo Bacelar Júnior, filhos do morto, também estiveram presentes na solenidade e participaram bastante emocionados de todo o ritual que envolveu a cerimônia conduzida pelo Pároco Padre Charles Vidal.

unnamed (6)
Maria Ariadne conduziu a imagem de Nossa Senhora Sant´Ana da qual Raimundo Bacelar era devoto

Durante a despedida houve o momento do uso da água benta na urna feita por todos os irmãos, que realizaram o ato bastante emocionados.

unnamed (2)
Ex-prefeito Magno Bacelar durante as homenagens na urna

Foi dada a oportunidade ainda para que amigos e familiares pudessem prestar suas homenagens através de mensagens destacando o legado do ex-deputado.

unnamed (3)
A sobrinha Vera Bacelar durante as homenagens a memória do Tio

Com o sol a pino e ao som de um saxofone com toque fúnebre, o último desejo de Raimundo Bacelar se cumpria e suas cinzas regadas com a emoção dos familiares foram espalhadas nas plantas localizadas em frente a Capela, finalizando então a volta final do filho ilustre à terra que o viu nascer.

unnamed (4)
Ex-prefeito Afonso Bacelar no momento da deposição das cinzas nas plantas da Capela

Sem nenhuma dúvida um dia para ficar na lembrança marcado pela despedida final de um grande homem que soube fazer história! Raimundo Bacelar Vive!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *