DILMA TEM MAIOR POPULARIDADE QUE LULA E FHC

DILMA TEM MAIOR POPULARIDADE QUE LULA E FHC

O percentual de eleitores que avaliou o governo da presidente Dilma Roussef como ótimo ou bom passou de 51% em setembro para 56% em dezembro, de acordo com pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta sexta-feira (16).

Segundo o levantamento, 9% consideraram o governo Dilma ruim ou péssimo, contra 11% na pesquisa anterior.

A aprovação pessoal de Dilma ficou praticamente estável, oscilando de 71% dos eleitores em setembro para 72% em dezembro.

A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, o que significa que a aprovação pessoal da presidente pode ser de 70% a 74%.

O percentual dos eleitores que desaprovou a maneira de governar de Dilma permaneceu estável em relação à pesquisa anterior – 21%. Dos entrevistados, 7% não souberam responder.

Entre 2 e 5 de dezembro, o Ibope ouviu 2.002 eleitores com 16 anos ou mais em 142 municípios de todas as regiões do país.

Melhor Avaliação que Lula e FHC

Na comparação entre os governos Dilma, Lula e Fernando Henrique Cardoso, a avaliação de ótimo ou bom da presidente é a melhor da série histórica, com 56%. FHC obteve 43% de avaliação positiva no final do primeiro ano do primeiro mandato e 17%, no final do primeiro ano do segundo mandato. Já o ex-presidente Lula obteve 41% de ótimo ou bom no final do primeiro ano do primeiro mandato, contra 51%, no final do primeiro ano do segundo.

Na pesquisa de aprovação da maneira de governar do presidente, Dilma também aparece na frente de Lula e FHC, com avaliação positiva de 72% dos entrevistados ao fim do primeiro ano de governo. FHC terminou o primeiro ano do segundo mandato com 26% de aprovação e teve avaliação positiva de 57% ao encerrar o primeiro ano do primeiro mandato. Já Lula, encerrou 2003, ano em que assumiu o governo, com 66% de aprovação. No primeiro ano do segundo mandato, ele obteve avaliação positiva de 65% dos eleitores. (Do Blog do Alexandre)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *