CRUZ COM AS BARBAS DE MOLHO: JACKSON LAGO É IMPUGNADO

CRUZ COM AS BARBAS DE MOLHO: JACKSON LAGO É IMPUGNADO
O ex-prefeito de Coelho Neto Antonio Cruz-PDT está num verdadeiro samba do crioulo doido, desde que aceitou a missão de coordenar em solo tupiniquim, a candidatura do ex-governador Jackson Lago, sob as bênçãos da Deputada Graça Paz-PDT. A partir de então começou a novela que está muito longe do fim, com a instabilidade da candidatura do pedetista. Primeiro a candidatura foi ameaçada depois da aprovação do Ficha Limpa, quando se cogitou Jackson apoiar a candidatura de Flávio Dino. Teimoso como ele só, o ex-governador decidiu não abrir a mão da candidatura e foi o primeiro candidato ao governo a protocolar o registro de candidtura de sua coligação no TRE.

No entanto, a procuradora regional eleitoral, Carolina da Hora Mesquita (foto), divulgou agora pouco a relação dos primeiros 80 candidatos impugnados. Da lista constam os nomes dos candidatos ao governo Jackson Lago (PDT) e SauLo Arcangeli (PSOL), do candidato a vice-governador Washington Luiz (PT), dos senadores João Alberto (PMDB) e Edson Vidigal (PSDB), e de vários deputados.

Jackson foi incluído na relação dos “ficha-sujas” por ter sido cassado por corrupção eleitoral em 2009 pelo TSE. João Alberto foi incluído na relação por conta de problemas em sua desimcompatibilização. Segundo a procuradora, em pelo menos três situações ele atuou como governador nos seis meses que antecedem a eleição.

Funcionário do MPU (Ministério Público da União), Saulo não teria se desincompatibilizado da função. O mesmo acontece com Vidigal em relação ao cargo de professor da UFMA e Washington do serviço federal.

Foram impugnados ainda os deputados Sarney Filho (PV), Cleber Verde (PRB), os suplentes de senador Ildon Marques (DEM), Léo Costa (PDT), Fufuca Dantas (PMDB), Márcia Marinho (PMDB), Penaldon Moreira (PSC), Irmão Carlos (PSC), José Lima (PV) e os ex-deputados Graciete Lisboa (PMDB), Antonio Joaquim, Ricardo Archer (PMDB), Terezinha Fernades (PT) e Telma Pinheiro (PSDB).

Sarney Filho foi impugnado porque num processo de abuso de poder econômico, na qual foi absolvido no TRE, ele foi punido com uma multa.

Como Cruz (foto) não é besta nem nada, durante a visita de Flávio Dino em Coelho Neto no último mês de maio, Cruz resolveu a aparecer por lá e mostrar seu poder de fogo. Se precisar pular de barco, Cruz que já é passado na casca do alho… e alho roxo, já sabe para que barco ir. Vale aguardar!

Com contribuição do Blog do DÉCIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *