CORPO DO JORNALISTA DÉCIO SÁ JÁ ESTÁ SENDO VELADO

CORPO DO JORNALISTA DÉCIO SÁ JÁ ESTÁ SENDO VELADO

Do Imirante

SÃO LUÍS – Começou a ser velado, na Pax União da Rua Grande, o corpo do jornalista e blogueiro Décio Sá, assassinado brutalmente às 22h40, dessa segunda-feira (23), no bar Estrela do Mar, na Avenida Litorânea.

Familiares, amigos e colegas de trabalho estão reunidos no velório prestando as últimas homenagens ao jornalista. O vice-governador do Maranhão, Washington Luiz Oliveira e o presidente do Tribunal de Justiça (TJ-MA), o desembargador Antonio Guerreiro Júnior, esteviram presentes no velório.

O caso

Segundo informações, um homem aproximou-se do jornalista e atirou seis vezes com uma pistola ponto 40, arma de uso restrito da polícia. Dois disparos atingiram as costas e quatro a cabeça do jornalista. Logo em seguida, o assassino fugiu do local do crime em uma moto.

O enterro do jornalista ocorrerá no Cemitério Jardim da Paz, às 16h.

Presidente do TJ lamenta morte do jornalista Décio Sá

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), desembargador Antonio Guerreiro Júnior, disse lamentar profundamente a morte do jornalista Décio Sá – a quem definiu como um bom amigo e profissional exemplar –, e pediu o empenho máximo do sistema de segurança do Estado para encontrar rápido os mandantes e executores do crime.

“Esse é um tipo de delito que eu pensei ser abolido no Maranhão. É óbvio que as notas e comentários do jornalista desagradam a muitos, mas daí recorrer a um assassinato para calar uma voz discordante é algo que eu, como magistrado, e também a sociedade, não entendemos e não concordamos”, enfatiza o presidente.

Governo do Estado

Em nota, o Governo do Estado lamentou o ocorrido e repudiou a ação, que foi caracterizada como bárbara e cruel. A nota informava, ainda, que estão sendo tomadas todas as providências para a prisão dos assassinos.

Prefeitura

Em nota, a Prefeitura de São Luís lamenta a perda de um profissional respeitado e admirado pela sua coragem e determinação. A nota pondera, também, que a brutalidade do assassinato é uma afronta à liberdade de expressão e à democracia, e exige investigação rigorosa aos responsáveis.

Décio Sá

Décio Sá era jornalista em O Estado do Maranhão e escrevia também no Blog do Décio, que em cinco anos se tornou um dos mais lidos em todo o Maranhão. Ele deixa um esposa e filho de oito anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *