CLEBER VERDE CORRE O RISCO DE PERDER O MANDATO

CLEBER VERDE CORRE O RISCO DE PERDER O MANDATO



Do Blog do Neto Ferreira

O desembargador José Bernardo Silva Rodrigues, relator da Representação Eleitoral de Nº 603979.2010.610.0000, determinará o rumo dos envolvidos no processo de prática de crime eleitoral: deputado federal licenciado, Cleber Verde (PRB) e seu irmão, o superintendente federal da Pesca e Aquicultura do Maranhão, Júnior Verde.
O processo que entrou na fase final é uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral e trata de denúncia de abuso de poder político, uso promocional de serviço de caráter social custeado pelo poder público que teria sido praticado pelos irmãos Cleber Verde e Júnior Verde, durante um evento realizado na Asfem-Filipinho, na campanha eleitoral de 2010, e que contou com a participação de pescadores e de colônias de pescas.
Na Representação o Ministério Público Eleitoral pede a cassação de diploma de todos os envolvidos, cassação de seus registros, que sejam declaradas suas inelegibilidades e aplicação de multas.
A votação da Representação pode entrar na próxima pauta do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral deste mês. Segundo a Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão, o superintendente da Pesca e Aquicultura do Maranhão, Júnior Verde, solicitou ao público que acompanhava a reunião, que declarassem apoio à Cleber Verde, que hoje é presidente da Frente Parlamentar da Pesca e Aquicultura.
Se condenados, os acusados podem ficar inelegíveis por oito anos e terem seus registros ou diplomas cassados. O processo cabe recurso
Veja abaixo o acompanhamento do processo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *