BOLSA FAMÍLIA AQUECE ECONOMIA DO MUNICÍPIO

BOLSA FAMÍLIA AQUECE ECONOMIA DO MUNICÍPIO

O Programa Bolsa Família, criado pela Lei nº. 10.836/2004, objetiva promover o acesso à rede de serviços públicos em especial de saúde, educação e assistência social; combater a fome e promover a segurança alimentar e nutricional; estimular o desenvolvimento das famílias beneficiárias, combater a pobreza; promover a intersetorialidade, a complementaridade e a sinergia das ações sociais do poder público. Foram unificados ao Programa Bolsa Família os programas de transferência de renda remanescentes: Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Auxílio Gás e Cartão Alimentação.


Desde que assumiu o mandato, o Prefeito Soliney Silva-PSDB tem tratado o programa como “menina dos olhos” do governo e solicitado dedicação especial aos auxiliares envolvidos na execução do programa no município. A Secretária de Assistência Social Dra. Albertina Tavares (foto) tem cumprido a risca a solicitação do Prefeito e a Coordenação do Programa Bolsa Família se desdobrado para atingir a eficiência na execução do programa. Tanto cuidado, permitiu ao município ser pioneiro no Maranhão na implantação e execução da nova versão 7 do Bolsa Família – ainda em fase de implantação pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome – MDS.

Com base em dados do Relatório de Gestão, a Secretária de Assistência Social destacou que mais de 800 novas famílias foram inseridas no programa apenas em 2010. Para ser mais exato, em janeiro de 2010 eram apenas 6.594 (seis mil, quinhentos e noventa e quatro) famílias aptas a receber o benefício que movimentavam recursos na ordem de R$ 699.915,00 (seiscentos noventa e nove mil e novecentos e quinze reais). Com esse esforço da equipe, os números fecharam em dezembro de 2010 com números bastante positivos, chegando a 7.493 famílias e movimentando uma folha com recursos na ordem de R$ 777.228,00 (setecentos e setenta e sete reais e duzentos e vinte e oito reais).

Além desse esforço no aumento do número de atendidos, a Secretaria de Assistência Social é responsável ainda por visitas domiciliares na zona urbana e rural, acompanhamento do envio da freqüência escolar, acompanhamento do estado nutricional dos beneficiários, bem como pela oferta de cursos de geração de renda, de responsabilidade do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS. “A Assistência Social tem tido muito cuidado e a determinação do Prefeito Soliney é que o Bolsa Família seja tratado de forma muito especial. Com essa visão de prioridade, temos nos dedicado e nos esforçado para otimizar a execução do programa em nosso município, o que temos conseguido”, finalizou a Secretária Albertina Tavares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *