Ao sinalizar reforma administrativa, prefeito de Coelho Neto mira 2020…

Ao sinalizar reforma administrativa, prefeito de Coelho Neto mira 2020…

Durante a entrevista dada em rádio no último sábado (04), o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), deu a primeira declaração pública sobre o projeto de reforma administrativa que pretende enviar para a Câmara.

Na primeira novidade do pacote, o petista antecipou a criação da Secretaria de Ordem Pública, responsável pelas temáticas da segurança pública e do trânsito, temas com urgente necessidade de ação do governo – principalmente o último.

Ao dizer que a reforma servirá para corrigir o que não deu certo, o prefeito admite as falhas do modelo concebido por ele no início de 2017. Anunciadas com grande expectativa, as secretarias de Cidadania e da Indústria e Comércio fracassaram e nunca disseram a que veio.

Há uma expectativa de que a nova proposta inclua o desmembramento da Cultura da Educação (criticado por ele na gestão do ex-prefeito Soliney Silva e promessa da campanha eleitoral), e a criação da Secretaria de Juventude (também prometida por ele, mas cuja promessa nunca foi cumprida).

O atual governo já mostrou que nome novo não muda a situação do governo. Ou muda e cria com condições reais de funcionar ou será só mais um engodo, como o que fora implantado em 2017 e que até agora não mostrou resultado.

Com a sinalização de reforma administrativa, o prefeito também olha para novos nomes no governo e consequentemente para as composições políticas para 2020.

Ou 2022.

Mas essa é uma outra história…

Deixe uma resposta