ABERTA III CONFERÊNCIA ESTADUAL DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES

ABERTA III CONFERÊNCIA ESTADUAL DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES

www.ma.gov.br

Com o objetivo de discutir políticas públicas que proporcionem autonomia econômica, cultural e política para mulheres, foi aberta nesta quinta-feira (20), a III Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís. A conferência estadual dá continuidade à série de conferências municipais e regionais realizadas entre os dias 1º de julho e 26 de setembro deste ano em todo o Maranhão. Durante a reunião, que se estende até sexta (21), serão definidos os delegados que irão representar o estado na conferência nacional.

Presentes na solenidade de abertura estavam o vice-governador, Washington Luiz Oliveira; a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Iriny Lopes; a secretária de Estado da Mulher, Catharina Bacelar; a presidente do Conselho Estadual da Mulher, Celise Azevedo, além de deputados e representantes do Fórum Estadual da Mulher.

A principal característica deste tipo de conferência é reunir o poder público e a sociedade civil organizada para discutir problemas específicos do segmento, como aponta a ministra Iriny Lopes. “Este é um momento importante para que haja a repactuação entre as entidades públicas, como os governos federal, estadual, municipal, a defensoria pública e o judiciário, para o enfrentamento de questões como, por exemplo, o combate a violência contra as mulheres, dando maior agilidade nos julgamentos e prisões”.

“Discutir a autonomia financeira das mulheres, para proporcionar mais empregos, mais condições de trabalho, igualdade de salários, mais capacitação, o aumento da presença das mulheres em cargos de chefia, a ampliação do crédito para as mulheres empreendedoras, entre outras vantagens também é um dos objetivos do encontro”, ressaltou ainda, a ministra

Conquistas

Segundo a secretária Catharina Bacelar, o Maranhão já percebe grandes avanços nas políticas para as mulheres. “O estado desponta como referência nacional dentro da política para a mulher. Esse momento é de revisão, de avaliação e de construção de uma nova realidade. Estaremos apresentando as ações já realizadas até aqui, conforme o que estava previsto no 1º Plano Estadual de Políticas das Mulheres, e a partir de agora nós vamos rever as demandas e os desafios, para propormos políticas que combatam a violência e estimulem a autonomia da mulher maranhense”.

A secretária destaca grandes conquistas obtidas pelo Governo do Estado para o segmento feminino. “Hoje o Conselho Estadual da Mulher participa da elaboração do Plano Plurianual (PPA), dispomos de uma unidade móvel terrestre e uma pluvial – que permite o acesso a lugares mais remotos do estado e já foi entregue no município de Conceição do Lago Açu, uma ouvidoria da mulher está em fase de implantação e somos a 1ª secretaria da mulher no país a adotar o Programa Gespública, programa que busca a excelência na gestão, o que demonstra que não estamos preocupados apenas com a questão das ações finalísticas, buscamos também uma gestão de excelência”, frisa a secretária.

O vice-governador Washington Luiz Oliveira destacou a importância das conferências no estado. “A realização desta conferência é importante para convocar as mulheres a participar e propor políticas para o segmento. O governo do Estado vem dando apoio e viabilidade a estas conferências para que nós possamos ter cada vez mais uma sociedade democrática e aberta com a participação de todos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *