A atrapalhada nota da Subseção da OAB de Chapadinha….

Não se sabe ao certo os motivos que levaram a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB em Chapadinha acordar do berço esplêndido e de uma hora para outra lançar uma nota de repúdio contra um protesto de moradores da cidade imputando aos manifestantes pacíficos o crime de dano e taxando-os de vândalos.

Galdêncio Gomes Recebendo Nomeação de Belezinha
Galdêncio Gomes Recebendo Nomeação de Belezinha

O que chama atenção é que nunca se viu a Subseção da OAB do município se manifestando a favor por exemplo, sobre a apuração das dezenas de denúncias de corrupção e improbidade que circundam a administração municipal. Leia a nota aqui.

Quem está de fora até pode se assustar mas a dúvida sobre a procedência da nota é logo explicada quando se constata que quem assina o documento é o advogado Galdêncio Gomes, assessor jurídico da Prefeita Ducilene Belezinha (PRB) e filho de um dos principais fornecedores da Prefeitura, o empresário Geraldo Gomes.

Quer dizer que ao invés de agir em defesa da população o advogado prefere fazer o caminho inverso e agir em defesa do governo? E de onde surgiu esse incômodo com uma simples manifestação dentre tantas outras que Chapadinha já foi palco? Se usasse um pouco do bom senso, o Presidente da Subseção da OAB poderia no mínimo se julgar impossibilitado de assinar um documento dessa natureza.

Em depoimentos ao blogueiro Alexandre Pinheiro, advogados do município já se manifestaram surpresos por não terem sido consultados para que o documento fosse emitido.

Conselho não é bom porque se fosse não seria dado, era vendido, mas o nobre advogado bem que poderia rever a função que ocupa já que a legitimidade para agir dessa forma fica comprometida com os laços que mantém com a mandatária.

Pode não ser ilegal, mas que é imoral isso não tenha dúvidas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *