Prefeitura de Coelho Neto realiza distrato de contrato da limpeza e cidade já sofre com a falta de coleta de lixo

Prefeitura de Coelho Neto realiza distrato de contrato da limpeza e cidade já sofre com a falta de coleta de lixo

Vendida como novidade do governo no início de 2017, o projeto de terceirização foi apresentado como algo revolucionário no que diz respeito a garantia dos direitos aos trabalhadores da Prefeitura.

Coisa nenhuma. De Lá para cá, ao que se sabe, apenas o setor de Limpeza Pública experimentou essa modalidade de contratação, mas que como tudo no governo do prefeito Américo de Sousa (PT), não foi muito longe.

Sem nenhuma satisfação para a sociedade, o governo acaba de consumar o distrato com a empresa que cuidava da coleta de lixo. O blog já havia anunciado que a empresa estava com distribuindo aviso prévio aos seus colaboradores e agora o setor tende a avacalhar de vez.

Se confirmar a tese de que a Secretaria de Obras assumirá o setor, os trabalhadores serão submetidos a volta da precarização dos serviços, pois na empresa todos trabalhavam de carteira assinada. Além do mais não é segredo para ninguém a incompetência do setor para tocar pequenos serviços, que dirá conduzir com eficiência um setor tão complexo.

No dia a dia, a cidade já experimenta o resultado de mais um engodo vendido pelo governo, que na prática só consegue trazer dissabores ao contribuinte da cidade, obrigando-os a busca meios para não ter interrompido o seu direito básico. As reclamações na rede social sobre a falta de coleta já se avolumam.

Confira o vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *