VEREADORES DE COROATÁ REJEITAM CRIAÇÃO DO CONSELHO DA JUVENTUDE

Numa votação no mínimo inusitada e contra os interesses da juventude a Câmara Municipal de Coroatá rejeitou o projeto de Lei que cria o Conselho Municipal de Juventude e dá outras providências.

Em toda história das políticas de juventude no Estado, nunca se viu uma atitude de tamanho desrespeito com a juventude quanto esta. Das duas uma: ou os vereadores não sabiam a dimensão do que estavam votando, ou não foram sensibilidados para a importância da aprovação da matéria. Nosso repúdio aos Vereadores que votaram a favor do projeto e contra a juventude. Se não bastasse o dispautério, os vereadores de quebra aprovaram a implantação de um tal PARLAMENTO JOVEM, numa versão copiada do que ocorre na Câmara Federal. Legislar com olhos voltados para o futuro não ficou mesmo para todo mundo. Óleo de peroba neles! As entidades de juventude sérias do estado deveram em breve se posicionar a respeito desse assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *