PM precisa se manifestar sobre morte de adolescente em Coelho Neto…

PM precisa se manifestar sobre morte de adolescente em Coelho Neto…

A Polícia Militar precisa se manifestar e prestar todos os esclarecimentos necessários sobre a morte de adolescente identificado por Ruan Pablo de Figueiredo, de 16 anos, no povoado São Domingos, zona rural de Coelho Neto. O fato teria acontecido no final da tarde desta quarta (19), em uma estrada vicinal próximo a entrada da cidade.

De acordo com informações do Portal R10 Maranhão, “a vítima estava com amigos em um banho na ponte da Pimenteira. Ambos teriam sido abordadas lá, e durante o trajeto o pneu da moto furou havendo a necessidade da vítima ter que vir cima do tanque, momento em que a viatura parou no intuito de outra abordagem. Ainda de dentro da viatura o policial teria mirado a arma em direção ao jovem, momento em que a mesma disparou vindo fatalmente acertar o estudante com um tiro na boca”.

Ainda de acordo com o portal, O policial envolvido na ocorrência que resultou na morte do estudante, não teve o nome divulgado, tendo sido preso minutos depois e encaminhado para a cidade de Caxias. O corpo do jovem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Timon, onde passará por uma perícia no Instituto Médico Legal – IML, com investigação sendo feita Polícia Civil.

Irmão de Arnaldo Melo morre em acidente na BR-135

Irmão de Arnaldo Melo morre em acidente na BR-135

O deputado estadual Arnaldo Melo (MDB) perdeu um irmão na noite de ontem (16) após um grave acidente na BR-135, no Campo de Perizes.

Rui Fernando Alves de Melo estava em um dos veículos que se envolveram numa colisão.

Ele foi foi inicialmente socorrido por populares que testemunharam a batida e depois removido para o Hospital UDI, em São Luís, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no domingo.

O velório está sendo realizado na Paz União do Centro de São Luís.

Do Blog do Gilberto Leda

PM flagra esposa e amante e mata os dois em São Luís

PM flagra esposa e amante e mata os dois em São Luís

Um policial militar matou a esposa e o amante dela a tiros na manhã deste sábado, em São Luís.

Segundo as primeiras informações, ele flagrou os dois em casa ao chegar do trabalho. O casal morava na Vicente Fialho.

O PM já se entregou e foi encaminhado à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Do Blog do Gilberto Leda

Coelhonetense é vítima de acidente fatal em Goiás

Um jovem chamado de José Roberto natural de Coelho Neto – MA que atualmente residia em Turvelândia – GO foi atropelado quando atravessava a pista para começar seu turno de trabalho.
O SAMU de Porteirão foi acionado mas o rapaz já havia sido atendido pela equipe do SAMU de Maurilândia que quando chegou ao local constatou que o  rapaz já havia falecido, o corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Rio Verde.
Segundo Informações André Diniz, morador de Porteirão, conduzia o carro que atropelou a vítima, informações preliminares  dizem que  que André Diniz ainda reduziu a velocidade mas mesmo assim não conseguiu evitar a tragédia, André Diniz e seu filho Fábio ainda se encontram em Turvelândia para prestarem esclarecimentos sobre o ocorrido.
Informações do  Notícias Atual.

Suspeito de matar estudante Gabriel Brenno é preso após 16 dias foragido

Policiais do 1º Distrito Policial prenderam, na manhã desta quarta-feira (7), o mestre de obras Deivid Ferreira de Sousa. Ele é suspeito de matar o estudante Gabriel Brenno Nogueira, 21 anos, no último dia 17 de julho, quando o jovem saia de uma pensão no Centro de Teresina.

O Cidadeverde.com apurou que Deivid foi encontrado na residência de uma amiga localizada na região do Vale do Gavião, zona Leste de capital.

Deivid é preso 20 dias após o crime que, segundo a polícia, teve motivação passional. De acordo com as infestigações, o suspeito descobriu que sua companheira teve um relacionamento extraconjugal com Gabriel.

Do Portal Cidade Verde

Morre o jornalista Paulo Henrique Amorim

Portais G1 e R7

Morreu na manhã desta quarta-feira (10) o jornalista Paulo Henrique Amorim. Ele trabalhou em diversas redações, inclusive na Globo.

Seu último emprego foi na TV Record, mas estava fora do ar desde o mês passado, quando foi afastado do programa Domingo Espetacular. O jornalista morreu de enfarte na capital fluminense.

Nascido em 22 de fevereiro de 1942, Paulo Henrique estreou no jornal A Noite, em 1961.

Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja.

Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional em Nova York.

Em 1996, deixou a TV Globo e foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band e o programa Fogo Cruzado. Depois, foi para a TV Cultura.

Em 2003, foi contratado pela Record TV, onde apresentou o Jornal da Record segunda edição. No ano seguinte, ajudou a criar a revista eletrônica Tudo a Ver na emissora. Em 2006, assumiu a apresentação do Domingo Espetacular, onde ficou até junho deste ano.

Amorim deixa uma filha e a mulher, a jornalista Geórgia Pinheiro.

Do Blog do Gilberto Leda

Casal desaparecido na Semana Santa é encontrado morto dentro de carro em riacho, em Caxias

Casal desaparecido na Semana Santa é encontrado morto dentro de carro em riacho, em Caxias

O casal Ailson Oliveira Chaves e Francisca Regina Sena, desaparecido desde desde o dia 18 de abril deste ano, entre os municípios de Timon e Caxias, na região de Nazaré do Bruno, foi encontrado na manhã desse sábado (25). 

O casal foi encontrado morto dentro de um riacho dentro do veículo de Ailson Chaves, um Chevrolet Cobalt branco, de placas NBL-3464, de Porto Velho.

O riacho fica nas imediações do povoado Nazaré do Bruno, em Caxias.

Homens do Instituto de Medicina Legal de Timon foram deslocados para a região para recolher os corpos. Eles devem passar por exames que vão revelar o que causou a morte.

Aílson é da cidade de Caxias, mas morava na cidade de Porto Velho-RO, no norte do país. Ele veio passar a Semana Santa junto com familiares conterrâneos na localidade “Canto Alegre”, vizinho ao conhecido povoado Nazaré do Bruno, na zona rural de Caxias.

No dia 18 de abril,  ele foi a um barzinho localizado na beira do riacho da localidade, onde encontrou e conheceu Francisca Regina, moradora de Timon.

O casal se encontrou à tarde, permanecendo até por volta de 22h conversando e tomando umas cervejas, quando saíram para retornar ao veículo Cobalt. Desde então, ficaram desaparecidos.

Ailson morava na cidade de Porto Velho-RO, no norte do Brasil, mas retornou para Caxias no final de novembro de 2018 para morar perto da família. 


Ele foi passar a Semana Santa na localidade Canto Alegre, vizinho ao povoado Nazaré do Bruno, na zona rural de Caxias, onde reside sua mãe.

Na quarta-feira, dia do desaparecimento, eles foram a um barzinho localizado na beira do riacho da localidade, onde encontrou e conheceu Francisca Regina, que é de Timon.

O casal se encontrou à tarde e permaneceu conversando e tomando umas cervejas até as 23h30. Em seguida, saíram de volta em um veículo Chevrolet/Cobalt, de cor branca, placas NBL-3464, de Porto Velho. Desde então desapareceram o casal e o veículo.

Como é um período de muita chuva na região, existe a possibilidade de o veículo ter sido arrastado por uma tromba d´agua para dentro do riacho e o casal morreu asfixiado. 

Não se descarta a possibilidade de eles terem sido vítimas de latrocínio.

A polícia acha que ainda é cedo para se ter uma certeza sobre o que possa ter ocasionado a queda do veículo no riacho e morte do casal.

A autópsia vai revelar se a morte foi por asfixia ou por uso de algum outro instrumento. 

No último dia 07 de maio, o blog publicou informações sobre o desaparecimento do casal.

Planos de voltar a morar em Caxias

Ailson, após 26 anos morando em Rondônia, voltou a morar em Caxias, onde já havia comprado uma casa, que está passando por reformas.

O objetivo era viver com a namorada Ivelta, que mora em Águas Lindas, em Goiás, com quem tinha um relacionamento há quase dois anos.

Ailson era mecânico e funileiro, e trabalhou os últimos cinco anos na Ford.

Do Blog do Gilberto Lima

Advogado Dr Neiva está entre os 3 mortos no acidente da BR 316 entre Timon e Caxias

Advogado Dr Neiva está entre os 3 mortos no acidente da BR 316 entre Timon e Caxias

Foram três o número de mortos no acidente ocorrido na noite de ontem, quarta-feira (22), notícia dada em primeira mão por este eliaslacerda.com logo após acontecer o fato acontecer na BR 316, entre Timon e Caxias, próximo ao povoado Barroca Funda, na zona rural timonense.

A colisão aconteceu por volta das 20 horas.oii entre um caminhão Mercedes e um Sandero. Todas as vítimas fatais estavam no Sandero.

Entre os mortos está a ex-funcionária da prefeitura de Timon, dona Bernarda Ferreira da Silva, de 61 anos. Ela trabalhou na administração municipal na gestão da ex-prefeita Socorro Waquim. 

Dr. Neivinha – advogado também entre as vítimas.

Outro nome conhecido que veio a óbito na colisão foi o do advogado criminalista José Ribamar Rocha Neiva Filho, de 67 anos. Popularmente chamado de “Neivinha”, o advogado morou por vários anos em Timon, na rua Miguel Simão, no centro. Ele também era bastante conhecido pelo trabalho prestado em Coelho Neto.

A terceira vítima foi Jurandir Sousa Bastos Junior, de 36 anos.

Ainda não se sabe o que poderia ter provocado o acidente. Uma perícia será feita para descobrir a causa, mas fala-se que poderia ter sido um buraco onde teria caído o Sandero e o carro perdido o controle indo de concentro ao Mercedes. O motorista do Mercedes logo após o acidente fugiu do local, mas já teria se identificado para a Polícia Rodoviária e prestado depoimento.

Do Blog do Elias Lacerda, com edição do blog

Homem é assassinado com vários tiros na frente da mulher e de seus dois filhos no Maranhão

Homem é assassinado com vários tiros na frente da mulher e de seus dois filhos no Maranhão

O crime aconteceu por volta das 04hs40, da última quarta (08), na Rua 3 do Conjunto Amarelo, no bairro Cidade Nova 2 em Timon. A vítima foi identificada José Oliveira de Melo, 28 anos.

De acordo com informações, a vítima estava deitado com sua esposa quando teve a casa invadida por oito homens que se passaram por policiais, estavam vestidos de pretos e encapuzados. Os homens dispararam várias vezes contra a vítima que morreu no local.

O crime foi presenciado pela esposa e pelos dois filhos da vítima.

José Oliveira de Melo já foi preso por roubo, respondia um processo criminal e estava estava em liberdade desde 2018.

Fim de povo! Pai quebra costelas e mata bebê de 3 meses porque estava “estressado”

Fim de povo! Pai quebra costelas e mata bebê de 3 meses porque estava “estressado”

Um bebê de 3 meses foi morto pelo próprio pai. Segundo informações da polícia, Alexandre Montanholi, 23 anos, disse que estava “estressado porque não aguentava mais o choro do filho” e espancou Yago Lourenço. A mãe, Ana Carolina Lourenço Cândido, 19 anos, também foi presa por tentar encobrir o crime. O fato ocorreu em Andradas (MG)

Logo depois de matá-lo, os pais levaram o bebê para o hospital. Foi no local que os médicos perceberam que Yago não teve uma morte natural. Enquanto esperavam para saber se o filho estava bem, o casal postou mensagens de luto nas redes sociais. “Hoje o dia amanheceu muito triste. Acabei de perder meu filho”, escreveu a mãe.

“Gente, estou aqui para anunciar uma perda inestimável. Eu minha esposa estamos muito tristes hoje (quarta-feira). Com apenas 3 meses de vida perdi meu filho que faleceu esta manhã em Andradas com uma parada cardíaca”, escreveu Alexandre.

O hospital chamou a polícia que os encaminhou para prestar esclarecimentos. No local, os dois confessaram o que ocorreu. “O bebê bateu a cabeça no braço do sofá depois que o pai o arremessou e assim ficou com traumatismo craniano. Ele também sofreu várias joelhadas e ficou com vários hematomas pelo corpo, além de quatro costelas quebradas, conforme diz o exame de necropsia”, contou o delegado Fabiano Roberto Mazzarotto Gonçalves ao jornal Extra.

Yago era o primeiro filho do casal. Alexandre e Ana Carolina foram levados para um presídio em Andradas. Vizinhos também serão ouvidos pela polícia. O inquérito deve estar concluído em 10 dias e o casal será indiciado.

Por Ataide de Almeida Jr./Metrópoles