Doze deputado estaduais devem disputar a eleição municipal

Doze deputado estaduais devem disputar a eleição municipal

Pelo menos doze deputados estaduais estão na condição de pré-candidatos a prefeito na capital e no interior do Maranhão. O número é bem superior da disputa eleitoral de 2016, quando cinco concorreram e todos acabaram saindo derrotados. Dessa vez, a história é diferente e pelo menos cinco tem chances reais de vitória. Obviamente, que os suplentes estão de olho e vivem a expectativa de assumir o mandato efetivamente a partir de janeiro de 2021.

No chapão governista que elegeu 26 deputados estaduais, seis estão em pré-campanha: Adelmo Soares (PCdoB) em Caxias; Detinha (PL), Duarte Júnior (Republicanos), Neto Evangelista (DEM) e Yglesio Moyses (PROS), em São Luís e por fim Marco Aurélio (PCdoB) em Imperatriz. Nessa chapa é possível ter no máximo eleição de três, sendo assim os atuais suplentes que estão no mandato Ariston Ribeiro (Republicanos), Zito Rolim (PDT) e Valéria Macedo (PDT), eles seriam beneficiados diretamente.

Na chapa da ex-governadora Roseana Sarney que elegeu cinco deputados, dois vão concorrer: Adriano Sarney (PV) em São Luís e Rigo Teles (PL) em Barra do Corda. Observa-se que o parlamentar cordense foi eleito pelo PV, portanto caso venha vencer a eleição municipal, Socorro Waquim (MDB), será alçada a condição de deputada estadual. O outro que teria direito a vaga de titular como deputado estadual seria Léo Cunha, que é pré-candidato a prefeito em Estreito.

Os dois que foram eleitos pelo PRTB estão na condição de pré-candidatos: Leonardo Sá (hoje no PL), disputa em Pinheiro e Felipe dos Pneus (hoje no Republicanos), disputa em Santa Inês. Betel Gomes e o vereador Marcial Lima seriam os beneficiados em caso da eleição dos dois.

Por fim, existem duas situações distintas, uma bem confortável que é relacionada ao Solidariedade, uma vez que Fernando Pessoa é franco favorito na disputa de Tuntum e assim, Fábio Braga seria o beneficiado. Já no PSDB, Guilherme Paz vive uma expectativa grande, afinal Wellington do Curso pode compor a chapa com Eduardo Braide (Podemos) e existe chance real de vitória, o que beneficiaria diretamente o filho de Clodomir Paz, assim como pode ocorrer também que o dono do Curso Wellington dispute a eleição para prefeito e o suplente viva a mesma expectativa.

As informações são do Blog do Diego Emir.

Mesmo em crise, aliados de Flávio Dino rejeitam transferir recursos da Comunicação para a Saúde

A base aliada ao governo Flávio Dino (PCdoB) conseguiu aprovar hoje (12), na forma original, o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019.

Durante a votação, os representantes dos comunistas no Legislativo rejeitaram todas as emendas dos parlamentares de oposição.

Um série delas, apresentadas pelos deputados Adriano Sarney (PV) e Eduardo Braide (PMN), previa o remanejamento de recursos da Secretaria de Estado da Comunicação (Secap) – da ordem de R$ 63,5 milhões (reveja) – para obras e ações de Saúde.

Adriano Sarney pretendia retirar recursos, também, da Secretaria de Estado do Governo (Segov) – responsável, por exemplo, pelo aluguel de aviões e helicópteros para o governador.

“Essas duas secretarias não precisam de todos esses recursos, porque nenhuma delas trata de questões primordiais para a população do Maranhão. Então, tentamos  colocá-los para a melhoria da balneabilidade das praias, uma ação de urgência para reparar danos que a chuva está provocando em São Luís, recursos para o Socorrão II, recursos para reformas de feiras e recursos para melhorias na Saúde”, declaoru.

Braide detalhou detalhou três emendas, todas retirando recursos da propaganda comunista: uma de R$ 2 milhões para manutenção do Socorrão I; outra de R$ 2,5 milhões manutenção do Socorrão II; e, ainda, uma de R$ 5 milhões para Hospital da Criança.

Todas também rejeitadas.

Do Blog do Gilberto Leda

Othelino reúne 35 deputados em almoço e consolida reeleição para o comando da AL

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), reuniu 35 deputados estaduais eleitos para um almoço de boas-vindas em sua residência nesta quinta-feira (18). Todos reafirmaram apoio à reeleição do parlamentar que segue firme nas adesões por sua permanência na Presidência da Casa.

“Agradeço a manifestação de apoio dos deputados eleitos que acreditam e reconhecem o nosso trabalho à frente da Presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão. Este momento é de confraternização para que comecemos a interagir com os colegas que estarão conosco nos próximos anos neste novo mandato”, ressaltou Othelino Neto.

Para a deputada Ana do Gás (PCdoB), uma das parlamentares presentes no almoço, Othelino tem feito um grande trabalho na Assembleia Legislativa do Maranhão e precisa dar continuidade a essa importante aliança política com os colegas.

“Nós nos sentimos seguros com Othelino, pois ele sempre defendeu os deputados, tanto de governo, quanto de oposição, sem fazer qualquer distinção. Nada mais justo que reconduzi-lo novamente à presidência da Casa”, afirmou.
O deputado Glalbert Cutrim (PDT) ressaltou o posicionamento do PDT, que terá a maior bancada na Assembleia Legislativa do Maranhão a partir de 2019, e que decidiu, por unanimidade, apoiar a reeleição de Othelino. “Ele é uma pessoa que sempre respeitou a todos na Casa e temos certeza de que ele continuará fazendo um grande trabalho na próxima gestão”, frisou.

Novato na Assembleia Legislativa, a partir de 2019, o deputado eleito Leonardo Sá (PRTB) disse que o melhor nome para conduzir a Assembleia Legislativa é o de Othelino Neto. Ele disse que tem uma relação pessoal muito forte de amizade com o futuro colega de parlamento, além de já terem feito alianças políticas, como foi em Pinheiro nas eleições municipais passadas. “Já estamos fechados. Ele é meu candidato a presidente da Alema”, reforçou.

Presente também no almoço, o deputado Neto Evangelista (DEM) destacou que Othelino Neto cumpriu, com êxito, uma grande missão quando foi vice-presidente da Assembleia. Como presidente, soube conduzir a Casa com sabedoria e instalou uma harmonia grande entre os poderes constituídos do estado. “Ele tem condições de continuar tocando a Presidência da Assembleia, da forma como fez nesta sua gestão. É uma grande força política no estado, demonstrou isso nessas eleições, portanto é o meu candidato a presidente”, frisou.

Nos últimos dias, Othelino Neto recebeu apoio dos deputados eleitos Zé Inácio (PT), Helena Duailibe (Solidariedade), Welington do Curso (PSDB), Detinha (PR), Leonardo Sá (PRTB), Pará Figueiredo (PSL), Neto Evangelista (DEM), Mical Damasceno (PTB), César Pires (PV), Pastor Cavalcante (PROS), Wendell Lages (PMN), Cleide Coutinho (PDT), Duarte Jr (PCdoB), Zé Gentil (PRB), Márcio Honaiser (PDT), Dra Thaíza (PP), Adriano Sarney (PV), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Professor Marco Aurélio (PCdoB), Fernando Pessoa (Solidariedade), Andrea Rezende (DEM), Edson Araújo (PSB), Rafael Leitoa (PDT), Ana do Gás (PCdoB), Adelmo Soares (PCdoB), Rigo Teles (PV), Glalbert Cutrim (PDT), Paulo Neto (DEM), Daniella Tema (DEM), Vinícius Louro (PR), Yglésio Moisés (PDT), Hélio Soares (PR), Antônio Pereira (DEM), Ciro Neto (PP), Roberto Costa (MDB), Fábio Macedo (PDT), Rildo Amaral (Solidariedade) e Ricardo Rios (PDT).

Do Blog do Gilberto Leda

Reforma da Previdência: saiba como vota cada deputado maranhense

O jornal O Estado de São Paulo fez levantamento com os 18 deputados federais do Maranhão sobre a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 287/2016, que trata da reforma da Previdência. Eles foram questionados se votariam a favor da proposta da forma como foi enviada pelo governo ou se a rejeitavam. Também foi dada a opção de fazerem quatro ressalvas ao texto proposto pelo presidente Michel Temer: em relação à idade mínima de 65 anos para a aposentadoria de mulheres e homens, à regra de transição e à exigência de 49 anos de contribuição para ter direito ao benefício integral.

Os principais questionamentos são a idade mínima unificada de 65 anos (para homens e mulheres) e os 49 anos de contribuição para ter acesso ao benefício integral.

Esses pontos foram priorizados porque são considerados os mais importantes pela equipe econômica para não desconfigurar o texto enviado. Muitos deputados, porém, se declararam a favor de outras mudanças. Eles querem abrandar as exigências para a concessão da aposentadoria rural e do benefício assistencial pago a idosos e deficientes da baixa renda. Também não concordam com a proibição de se acumular aposentadoria e pensão, desde que respeitado o teto do INSS. O governo já sinalizou que está aberto a negociar esses pontos.

O relator da reforma da Previdência na Câmara, Arthur Oliveira Maia (PPS-BA) fará no próximo dia 18 a leitura de seu relatório na comissão especial de análise da PEC 287. Espera-se que o texto modifique cinco pontos polêmicos da reforma, conforme autorizado por Temer na última semana.

Entre os pontos que devem ser modificados estão regra de transição para quem está na ativa, aposentadoria do trabalhador rural, aposentadoria especial para professores e policiais, pensão por morte e o BPC (Benefício de Prestação Continuada), pago a deficientes físicos e idosos sem condições de sustento. Os temas são citados recorrentemente nas 130 emendas apresentadas por parlamentares ao texto.

Confira como vota os deputados maranhenses.

A FAVOR

Alberto Filho (PMDB)
Cleber Verde (PRB)
Hildo Rocha (PMDB)
João Marcelo Souza (PMDB)
José Reinaldo (PSB)
Junior Marreca (PEN)
Pedro Fernandes (PTB)
Waldir Maranhão (PP)

CONTRA

Aluisio Mendes (PTN)
Eliziane Gama (PPS)
Julião Amin (PDT)
Rubens Pereira Júnior (PCdoB)
Victor Mendes (PSD)
Weverton Rocha (PDT)
Zé Carlos (PT)

NÃO RESPONDERAM

André Fufuca (PP)
Juscelino Filho (DEM)
Luana Costa (PSB)

Do Blog do John Cutrim

Bancada maranhense deu nove votos a favor da terceirização dos empregos…

Deputados contrários protestam com exemplares da CTPS, que pode ser inutilizada pela terceirização

A maioria da bancada maranhenses na Câmara Federal votou a favor da proposta do governo Michel Temer (PMDB), que flexibiliza as regras de trabalho no Brasil e permite a terceirização de todas as atividades.

Disseram sim ao projeto os deputados Aluisio Mendes (PTN), Cleber Verde (PRB), Hildo Rocha (PMDB), João Marcelo Souza (PMDB),  José Reinaldo (PSB), Junior Marreca (PEN), Juscelino Filho (DEM), Pedro Fernandes (PTB) e Victor Mendes (PSD).

Já os deputados Eliziane Gama (PPS), Julião Amin (PDT), Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Waldir Maranhão (PP), Weverton Rocha (PDT) e Zé Carlos (PT) votaram contra.

Os deputados André Fufuca (PP), Davi Júnior (PR) e Luanna Costa (PSB) não participaram da sessão…

Do Blog do Marco d´Eça

Deputados defendem ação conjunta em prol de Duque Bacelar…

Os deputados César Pires (estadual) e Aluísio Mendes (federal), defenderam uma ação conjunta em prol de Duque Bacelar durante visita realizada ao município na manhã deste sábado (18).

Aluísio foi recebido pelo prefeito Jorge Oliveira (PCdoB) no gabinete da Prefeitura e ambos falaram sobre projetos para o município.

Com a chegada de Pires, ambos fizeram uma visita a diversos equipamentos da administração, dentre eles a recém-inaugurada sede do SAMU.

Acompanhados do vice-prefeito Carreta, de vereadores e secretários eles vistoriaram a sede do Hospital Presidente Médice.

“Estamos aqui aproveitando a visita dos deputados para pedir que ajudem o nosso município, pois temos demandas nas mais diversas áreas cujas ações só poderão se tornar efetivas se tiverem de fato, um rede de parceiros que nos ajudem nessa tarefa de bem governar a nossa cidade”, disse o prefeito.

Houve uma visita também a Creche do Proinfância que está paralisada necessitando de recursos do FNDE para ser concluída e garantiu empenho para buscar recursos para ajudar na obra de revitalização da Avenida Beira Rio.

A comitiva fez uma visita a um Ginásio Poliesportivo no povoado Tabuleiro que se encontrava paralisado e que também necessita de aporte financeiro para ser concluído.

Na zona rural Aluísio visitou ainda os povoados Mocambo Velho, Camos e Órfão e garantiu recursos para estradas vicinais, 06 poços artesianos e uma patrulha agrícola.

No encerramento as autoridades almoçaram na residência do prefeito Jorge Oliveira e fizeram uma visita de cortesia ao ex-prefeito Flávio Furtado.

Fotos: João de Deus

Assembleia Legislativa inicia trabalhos parlamentares de 2017

A Assembleia Legislativa deu início aos trabalhos parlamentares de 2017 durante sessão solene, nesta quinta-feira (2), no Plenário Nagib Haickel. A cerimônia foi marcada pela leitura da Mensagem Governamental pelo governador Flávio Dino, que prestou contas das ações do Executivo referentes ao ano passado e elencou os investimentos a serem feitos este ano.

Reconduzido ao cargo de presidente do Legislativo, o deputado Humberto Coutinho (PDT) iniciou a sessão saudando a todos os presentes. Em seguida, chamou para compor a mesa da cerimônia o governador Flávio Dino; o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Cleones Cunha; o vice-prefeito de São Luís, Júlio Pinheiro; o procurador geral de Justiça, Luiz Gonzaga Martins; o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Caldas Furtado; o defensor público geral do Estado, Werther de Moraes Júnior; e os 1º e 2º secretários da Mesa Diretora, deputados Ricardo Rios (SD) e Stênio Rezende (DEM), respectivamente.

Outras autoridades também estiveram presentes, como secretários de Estado, prefeitos de municípios maranhenses, representantes da sociedade civil, além dos familiares dos parlamentares.

Logo após a composição da mesa, Coutinho passou a palavra para o governador Flávio Dino, que antes de fazer a leitura da Mensagem Governamental, pediu um minuto de silêncio em homenagem à memória da ex-primeira-dama do Brasil, Marisa Letícia Lula da Silva, que faleceu na manhã desta quinta-feira.

Dino iniciou a leitura do documento destacando que a presença de representantes dos mais variados setores sociais, inclusive da sociedade civil, revela que a presidência da Casa Legislativa está muito bem dirigida.

“Diria que há uma congruência entre a sua trajetória e essa elevada função, destinada a poucas dezenas de maranhenses ao longo dos séculos. Pouquíssimos tiveram a honra de presidir o Parlamento Estadual. Sem dúvida, a presidência de vossa excelência é um dos momentos mais importantes, hoje, da vida política do nosso Estado”, ressaltou Dino ao elogiar o trabalho de Humberto Coutinho à frente da presidência da AL.

O governador também elencou as principais ações e investimentos feitos pelo Governo do Maranhão no ano passado, como melhorias nos setores da educação, meio ambiente, combate às injustiças sociais, direitos humanos, além da atenção dada à manutenção do equilíbrio fiscal do estado, frente ao atual cenário de crise econômica.

Após a leitura da mensagem, o presidente Humberto Coutinho agradeceu a presença de todos e reiterou a importância do apoio do governador para a eficiência dos trabalhos parlamentares.

“Sabemos que essa segunda etapa como presidente desta Casa vai ser mais trabalhosa. O terceiro ano de mandato como deputado é muito importante, pois estamos preocupados com as eleições. Pedimos que o governador dê apoio aos deputados e deputadas desta Casa. Sermos julgados de quatro em quatro anos não é fácil e teremos uma eleição muito difícil no próximo ano”, assinalou Coutinho.

Da Agência Assembleia

Parlamentares vão a ministérios cobrar pelo Maranhão…

Parlamentares maranhenses reuniram-se esta semana com pelo menos três ministros, para cobrar investimentos no Maranhão.

ministerio 1
Juscelino, Fufuca, Aluisio e Hildo com o ministro Ricardo Barros

Sob a coordenação do deputado André Fufuca (PP), os deputados estiveram no Ministério da Integração Nacional onde garantiram a liberação da emenda de bancada assinada pelos deputados Juscelino Filho (DEM), Vitor Mendes (PSD) e Junior Marreca (PEN), no valor de R$ 8,6 milhões para a recuperação da Barragem do Rio Pericumã, que se encontra em degradação.

Em reunião com o ministro Maurício Quintella Lessa, da pasta dos Transportes, Portos e Aviação Civil, os deputados voltaam a cobrar pela BR-135.

ministerio 2
Com Maurício Quintella a pauta foi a BR-135

– Nós da Bancada Maranhense pedimos mais atenção para o nosso estado. Nossas estradas estão deterioradas e danificadas. Precisamos de estrutura para atender as demandas. Nossa emenda de bancada para a BR 135 já foi empenhada no orçamento impositivo. Reclamamos que o Maranhão recebeu pouca atenção e poucos investimentos nessa área nos últimos anos – certificou Juscelino Filho.

Para finalizar as visitas ministeriais, os parlamentares estiveram no Ministério da Saúde, com o ministro Ricardo Barros, pleiteando os quase R$ 200 milhões em investimentos que desde 2014, não são repassados ao estado do Maranhão.

ministerio 3
Os parlamentares foram também ao Ministério da Integração Nacional

Também participaram da visita aos ministério os deputados Cléber Verde (PRB), João Marcelo (PMDB), José Reinaldo Tavares (PSB), Aluísio Mendes (PTN) e Hildo Rocha (PMDB).

Do Blog do Marco d´Eça

Senhor, Senhor nosso, como é majestoso o teu nome em toda a terra! Salmos 8:9

Bancada maranhense vota no impeachment; Zé Reinaldo surpreende

13043532_975303052545666_4338938415031474855_n
Zé Reinaldo: voto surpresa da bancada do Maranhão

O deputado federal José Reinaldo (PSB) foi a grande surpresa da bancada maranhense neste domingo (17), na sessão de apreciação do relatório do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Quando se pensava que ele votaria Não para seguir a orientação do governador Flávio Dino (PCdoB), ele contraria essa expectativa votando Sim.

Ele pediu desculpas ao comunista e votou a favor do impedimento, numa atitude que surpreendeu muita gente.

Na sexta-feira (15), o deputado federal Weverton Rocha (PDT) chegou a divulgar uma foto de uma reunião entre Dino e o parlamentar, garantindo que ele votaria contra o impeachment.

Abaixo, veja como votaram os maranhenses.

Alberto Filho – sim

Aluisio Mendes – não

André Fufuca – sim

Cleber Verde – sim

Eliziane Gama – sim

Hildo Rocha – sim

João Castelo – sim

João Marcelo – não

José Reinaldo – sim

Júnior Marreca – não

Juscelino Filho – sim

Pedro Fernandes – não

Rubens Pereira Júnior – não

Sarney Filho – sim

Victor Mendes – sim

Waldir Maranhao – não

Weverton Rocha – não

Zé Carlos – não