Ex-coordenadora do Centro de Imagem de Coelho Neto explica demissão: “ele ainda vai pedir voto na casa da minha mãe”

Ex-coordenadora do Centro de Imagem de Coelho Neto explica demissão: “ele ainda vai pedir voto na casa da minha mãe”

Contrariando a própria versão oficial dada pela Prefeitura de Coelho Neto, a agora ex-coordenadora do Centro de Imagem Jane Lages, resolveu se manifestar sobre sua demissão. 

Embora a versão oficial diga que Jane fora demitida por acúmulo de matrículas, ela contesta. Apesar de trabalhar no outro município apenas aos finais de semana, Jane argumentou que a notificação recebida lhe daria o direito de optar por qual das duas decidiria ia ficar, mas essa oportunidade não lhe foi dada. 

Jane que está em tratamento delicado de saúde se mostrou revoltada, haja visto que seu traballho era eogiado por toda a comunidade e sua dedicação ao setor era vísivel. 

A seguir o depoimento dela na própria página da Prefeitura:

E em nota eu *Farncisca Jane Machado Lages* parabenizo a dona Toinha. Sei que fará um bom trabalho! 

Qnto ao acúmulo de cargos, de fato tinha uma matrícula aki na cidade de Coelho Neto e uma na cidade de Buriti na qual trabalhava os fins de semana e feriados no setor do TFD pela Saúde, o que não é ilegal embora seja concursada pela Educação. E ainda que minha defesa não tenha sido aprovada eu teria o direito de optar por um dos cargos segundo a *notificação* e no entanto o senhor prefeito não me deixou *optar* e já tinha me exonerado. E mais mesmo sabendo que faço tratamento de saúde…

Mas quem está no poder é ele…. 👏👏👏👏 para ele. 

*O tempo vai passar, e nem vai demorar. E eu hei de está viva vê o senhor prefeito na casa da minha mãe novamente pedindo voto.*

Se tratam os colaboradores sem essa menor consideração, quem pode esperar algo de bom de um governo desse?

Eu avisei: Cristiane Bacelar deixa oficialmente a Saúde…

Às 17h:42

Bastou pouco mais de 17 dias após esse blog cogitar a possível saída da secretária de Saúde de Coelho Neto Cristiane Bacelar, para o fato se confirmar. Na matéria finalizamos com um “é aguardar e conferir” e pouco tempo depois tudo bateu da forma como havíamos falado, confirmando que para desespero dos governistas, as fontes do blog são precisas.

Nesse período o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) e seus apaniguados até tentaram desmerecer a informação dizendo que Cristiane ficaria até o final do mandato, mostrando na verdade que quem blefa são eles e não o blog.

Apesar de oficialmente alegar questões familiares, a saída de Cristiane também tem haver com o modelo engessado do governo, o que lhe causou em pouco mais de oito meses um desgaste desnecessário.

A agora ex-secretária de Saúde deixou a pasta na tarde desta quinta (17), em clima de muito chororô após anunciar oficialmente sua saída aos seus colaboradores. Segundo fontes do blog, Américo deve aproveitar a deixa para fazer uma série de readequações no setor, inclusive com possíveis demissões.

Mas essa é uma outra história…

Vereador Rafael Cruz reage contra decisão do prefeito de Coelho Neto de demitir servidores

O vereador Rafael Cruz (PMDB) usou sua rede social na noite desta terça (08), para repudiar as demissões lideradas pelo prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT). O líder da oposição na Câmara fala em vingança, critica as demissões e questiona as inúmeras licitações milionárias do governo.

Veja a íntegra do que disse o peemedebista:

Boa Noite família coelhonetense!

Que o atual governo veio para se vingar de todas as derrotas obtidas pelo seu líder durante todos esses anos na busca sedenta pelo poder isso todo mundo já sabe, a prova é a lamentável forma de administrar implantada pela atual gestão onde a prioridade NÃO é o povo, sem falar nas inúmeras mentiras descobertas que foram utilizadas para iludir as pessoas e conseguir a vitória na última eleição, uma delas por exemplo é a suposta “igualdade” entre contratados e concursados pregada por ele em todos os seus discursos, que a igualdade deve existir isso é fato, mais do jeito que ele está fazendo é vergonhoso.

Estamos presenciando um governo onde o fundamental, o básico e as obrigações vira festa, como os salários em dia, uma rua iluminada e uma coleta de lixo regular (somente no centro da cidade).

Que o governo atual veio para alavancar de forma surpreendente a crise no nosso município, isso é notório e está as vistas de todos, todo mundo sentiu no bolso o peso que é um mau governo, mais como se não tivesse satisfeito, agora a “tesoura está trabalhando” e mais pessoas estão sendo demitidas, a meta é economizar 1 milhão de reais, imaginem vocês aí, Coelho Neto do jeito que está, com 1 milhão de reais a menos em sua circulação? É DEVASTADOR.

Agora eu pergunto:

Por que o trabalhador que tem que pagar essa conta? 

Por que a economia tem que ser demitindo enquanto estamos vendo licitações milionárias sendo publicadas? Mais tratarei das licitações em futuras sessões da Câmara, e aqueles que não participam irei compartilhar nas redes sociais também.

O que vejo é o governo tomando atitudes de melhor pra si e pior para o povo, quando que a sua obrigação é ser ao contrário. 

Tudo isso me revolta e me motiva mais a combater essa maldade toda, a combater essa vingança. 

#EUNÃOMECURVO

#avingançatemqueparar

#opovoprecisadepaz

Prefeito e Secretária de Saúde passam a tesoura e demitem funcionários no Hospital de Coelho Neto…

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) e a Secretária de Saúde Cristiane Bacelar continuam fazendo bom uso da tesoura que escolheram para tocar o setor no município.

Se não bastasse o calote dado nos funcionários de dezembro e o corte nos salários de diversos profissionais, ontem (31) as demissões chegaram novamente ao Hospital Municipal.

Conforme nos fora informado, nada menos que 9 mães de família sairam da unidade chorando após serem demitidas, todas ocupantes de cargos administrativos: recepção e copa.

E é assim que se comporta o novo governo de Coelho Neto, não emprega e ainda demite quem está empregado.

Mudou ou não mudou?

Governo recua e manda voltar esposa de vereador ao emprego…

Bianca Crateús com o marido Marcos Tourinho: demissão repercutiu imediatamente

Diante da imediata repercussão da demissão da competente enfermeira Bianca Crateús que se espalhou como rastilho de pólvora nas redes sociais após a divulgação em primeira mão por esse blog, o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) mandou retornar a profisisonal a sua função.

A demissão seria uma retaliação ao vereador Marcos Tourinho apenas por ter feito tres indciações de emendas a um projeto do governo. Além de esposa do vereador pedetista, Bianca é filha do ex-presidente da Câmara Mariano Crateús, um dos poucos políticos de expressão que se manteve fiel ao petista desde a campanha eleitoral.

A família já havia admitido em rede social que a demissão dela havia sido confirmada e de quebra a enfermeira Sayuri Carvalho, ligada ao parlamentar, também havia entrado no pacote.

Sem ter o que dizer diante de tantas críticas, um repórter ligado ao governo numa primeira versão negou a demissão e disse que ela teria pedido pra sair porque havia conseguido algo melhor em Caxias, fato desmentido pela família.

Em seguida, um blogueiro ligado ao governo retomou a versão de que a demissão era mentira. Que a esposa do vereador “havia chegado chorando na sala da secretária de Saúde por algum motivo e pediu para sair, deixando a própria secretária de saúde surpresa”, fato também negado pela família.

Pouco tempo depois o mesmo blogueiro contrapôs o que havia dito e que segundo contato com a secretária de Saúde Cristiane Bacelar, a mesma teria dito que não havia nenhum processo de demissão contra a enfermeira, ou seja, uma série de versões que não batem.

Agora como alguém vai chegar em casa dizendo que foi demitida sem ter sido? Me comprem um bode! Duas pessoas logo?

Na verdade o governo mais uma vez mostra que está mais perdido do que cego em tiroteio e não teve peito para assumir mais uma notícia negativa, em meio a tantas que tem acontecido sucessivamente. Com isso as profissionais tiveram sinal verde para retornar a seus postos de trabalho.

Como Américo sempre gostou de repetir, a pior desgraça do sabido é pensar que todo mundo é besta…

E nunca essa frase fez tanto sentido…

Ministro José Serra pede demissão…

O ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB-SP), pediu demissão do cargo na noite desta quarta-feira (22).

Na carta enviada ao presidente Michel Temer, Serra disse que decidiu deixar a pasta “em razão de problemas de saúde”.

Serra estava no cargo desde maio do ano passado, quando Temer assumiu como presidente em exercício.

O tucano é senador por São Paulo e tem mandato até 2022. Ele havia se licenciado para assumir o Itamaraty.

Ao longo do período em que ocupou o Ministério das Relações Exteriores, José Serra se envolveu em algumas polêmicas, como quando determinou o envio de uma circular a embaixadores em todo o mundo para rebater a tese da ex-presidente Dilma Rousseff de que ela havia sido vítima de um “golpe” no processo de impeachment.

Segundo a assessoria do Palácio do Planalto, Serra entregou pessoalmente a carta de demissão a Temer na noite desta quarta, no Planalto. Até a última atualização desta reportagem, o peessedebista ainda estava reunido com o presidente.

Trechos da carta

Na carta de demissão, Serra diz que deixa o cargo “com tristeza’. Segundo o ministro, os problemas de saúde o impedem de cumprir as viagens internacionais necessárias ao cargo, além das atividades do dia a dia.

José Serra acrescenta, ainda, que os médicos estimam um período de quatro meses para o “restabelecimento adequado” da saúde.

“Para mim, foi motivo de orgulho integrar sua equipe. No Congresso, honrarei meu mandato de senador trabalhando pela aprovação de projetos que visem à recuperação da economia, ao desenvolvimento social e à consolidação democrática do Brasil”, conclui José Serra na carta.

Do G1