Polícia cumpre mais um mandado contra suspeito de homicídio do sobrinho-neto do ex-senador José Sarney

Polícia cumpre mais um mandado contra suspeito de homicídio do sobrinho-neto do ex-senador José Sarney

A Polícia Civil cumpriu, no sábado (25), um mandado de prisão preventiva contra um suspeito de roubar carros no bairro do Calhau. A ação foi realizada por equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículo (DRFV), vinculada à Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC).

A prisão é referente a um roubo que ocorreu no dia 13 de junho de 2020, quando o suspeito e uma outra pessoa, já identificada, mas ainda foragida, roubaram um veículo de motorista de aplicativo nas imediações do condomínio Barra Mar.

Dias após o crime, o suspeito utilizava o veículo roubado quando cometeu um homicídio na Lagoa da Jansen e vitimou o publicitário Diogo Adriano Costa Campos, sobrinho-neto do ex-senador José Sarney.

Em decorrência de investigação conjunta entre a Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) e a DRFV, o suspeito foi preso temporariamente em razão do crime de homicídio. No entanto, antes que o indiciado conseguisse sair pelo fim do prazo da prisão temporária, foi representado pela sua prisão preventiva em razão do roubo do veículo e, durante o fim de semana, foi dado o devido cumprimento.

O cumprimento do mandado pelo crime de roubo do veículo fará com que o suspeito continue preso e à disposição da Justiça para responder pelos atos ilícitos cometidos.

Do Blog do John Cutrim

Caseiro demitido comandou ataque e morte aos pais do deputado Cléber Verde; veja o Vídeo

Caseiro demitido comandou ataque e morte aos pais do deputado Cléber Verde; veja o Vídeo

O Informante (JP) – O caseiro demitido há um mês foi quem comandou o ataque aos pais do deputado Cléber Verde (Republicanos). Ele, dois menores e um adulto foi que mataram Maria da Graça Cordeiro Mendes e Jesuíno Cordeiro Mendes, depois de invadirem o sítio do casal, no povoado ‘Limão’, em Turiaçu.

As informações foram confirmadas por O INFORMANTE na manhã desta quarta-feira, depois de fazer contatos com policiais que estão na área trabalhando ainda no caso.

O caseiro que trabalhava com o casal havia sido demitido há um mês. A suspeita agora é de que o crime possa ter sido praticado por vingança, pois nada foi levado da casa dos pais do parlamentar.

Na hora da invasão, Maria da Graça estava sozinha na sala, enquanto o marido consertava uma cerca nos fundos da casa. Eles invadiram e mataram a mãe do deputado a facadas e golpes na cabeça. Jesuíno foi morto posteriormente, sendo seu corpo encontrado já de madrugada.

Depois de inúmeras buscas, em meio à madrugada, os policiais que vasculhavam a área localizaram os suspeitos. Houve troca de tiros, dois deles foram presos, um outro morreu no tiroteio, e um quarto homem se encontra foragido. O INFORMANTE não confirmou, mas é possível que o suspeito morto seja o caseiro.

O pai do parlamentar seguia desaparecido desde o momento da morte da esposa Maria da Graça, 70 anos, que aconteceu, conforme está esclarecido, quando quatro homens invadiram a fazenda (sítio) deles, no povoado ‘Limão’, em Turiaçu. Depois do confronto, as buscas continuaram, com ajuda de populares que acabaram encontrando o corpo de Jesuíno, com marcas de tiros.

O casal morava sozinho e plantava açaí.

Após o tiroteio, prisão dos dois suspeitos e morte de um dos suspeitos, a Polícia intensificou as buscas em relação a Justino, que continuava desaparecido. Mais tarde, o corpo do pai de Cléber Verde foi encontrado.

Atenção: Clique no sino vermelho ao lado do blog e receba notícias exclusivas em tempo real.

Duas hipóteses – A Polícia trabalha agora com duas hipóteses: de duplo homicídio, por vingança, ou de latrocínio. A de latrocínio está praticamente descartada, porque nada foi levado da casa.

Governador Nunes Freire – A polícia está providenciando o traslado do corpo de Jesuíno Mendes, que se encontra neste momento em casa, para o hospital do município de Governador Nunes Freire, onde será realizada necrópsia.

Vídeo com resgate – O INFORMANTE teve acesso a um vídeo em que o CTA – Centro Tático Aéreo faz o resgate do suspeito que foi morto no confronto e de um dos presos. Veja abaixo.

Pai e mãe do deputado Cléber Verde são assassinados em Turiaçu; polícia tenta prender os criminosos

Pai e mãe do deputado Cléber Verde são assassinados em Turiaçu; polícia tenta prender os criminosos

Os pais do deputado federal Cléber Verde foram assassinados após a invasão de uma fazenda no povoado Limão, em Turiaçu, a 252 km de São Luís.

Maria Graça Cordeiro Mendes, de 70 anos, foi morta dentro de casa. Ela foi atingida com golpes de arma branca, além de uma paulada na cabeça.

Pelas informações passadas ao blog, o pai do deputado, identificado como Jesuíno, foi atingido a tiros e estava desaparecido. Ele teria sido encontrado, gravemente ferido, dentro de um matagal. Ele não teria resistido ao graves ferimentos.

A secretaria de Segurança determinou que a área da fazenda fosse isolada e forças especiais foram deslocadas para o município, a m de esclarecer o caso e prender os autores do crime.

Do Blog do Gilberto Lima

Homem é morto a tiros em emboscada em Coelho Neto

Segundo informações do PORTAL R10 MARANHÃO O traficante era temido naquela região onde atuava com a venda de drogas. O mesmo foi executado com vários tiros por volta das 19h:30 da noite deste sábado (30),  dentro de um campo de futebol no bairro Santana, zona periférica de Coelho Neto.

O homem identificado por Francisco Lopes, de aproximadamente 36 anos foi alvejado com vários tiros de uma arma, possivelmente pistola.

 Segundo relatos de populares, a vítima teria caído na emboscada quando um dos indevidos chamou ele e assim que ele se aproximou os matadores chegaram atirando sem da qualquer chance ao traficante. Ele ainda tentou correr, mas caiu logo em frente.

A ficha policial do indivíduo, consta passagens por tráfico de drogas e homicídio. As policias Civil e Militar estiveram no local para a realização dos procedimentos de praxe. Os suspeitos fugiram tomando rumo desconhecido.

Do Blog do João Osório

Enteado mata padrasto a facadas no interior do Maranhão

Enteado mata padrasto a facadas no interior do Maranhão

O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (02), no bairro do Jordão, em Coroatá, interior do Maranhão.

Segundo informações a vítima identificada como Francisco Firmino da Costa, de 55 anos, estava bebendo junto ao enteado desde de cedo, quando os dois iniciaram uma discursão.

Durante a briga corporal o enteado identificado apenas como Eduardo deferiu golpes de faca em Francisco, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Os vizinhos acionaram o SAMU, mas a vítima já estava sem vida. A Policia também foi chamada, colheu informações e fez buscas no local, mas não encontrou o autor do crime, que fugiu depois de de cometer o crime.

Do Portal JG

Casal é encontrado morto dentro de casa em São Luís

Casal é encontrado morto dentro de casa em São Luís

Duas pessoas foram encontradas mortas, na tarde deste domingo (17), em uma casa no Rua Pires Saboia, no bairro Alemanha, em São Luís. Segundo a polícia, a principal suspeita é que o crime tenha sido cometido a alguns dias, já que os corpos foram encontrados em estado de decomposição.

O casal identificado como Maria Célia Coelho, de 48 anos e Adérito, de 44 anos, tiveram seus corpos encontrados por parentes que ao fazer uma visita, sentiram um forte odor vindo da casa. Segundo a polícia, uma das hipóteses é que Maria Célia pode ter sido vítima de feminicídio, já que o corpo do seu marido foi encontrado em outro cômodo da casa, e a principal suspeita, é que ele teria cometido suicídio.

Familiares de Maria Célia informaram à polícia que Adérito tinha muito ciúme da esposa, e por ser alcoólatra, as brigas entre o casal eram constantes.

De acordo com a polícia, a Delegacia de Homicídios deve investigar o caso, ouvir os depoimentos de vizinhos e parentes para descobrir os detalhes e a motivação do crime. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local e auxilia na investigação do caso.

Do G1

Ex-governador do ES, Gerson Camata é assassinado em Vitória

Gerson Camata foi assassinado na tarde desta quarta-feira (26) — Foto: Reprodução

O ex-governador do Espírito Santo Gerson Camata, de 77 anos, foi assassinado na tarde desta quarta-feira na Praia do Canto, em Vitória. O crime ocorreu em frente a um restaurante. Segundo informações iniciais da Polícia Militar, o ex-governador foi morto a tiros. O Samu chegou a ser acionado, mas Camata não resistiu aos ferimentos. O suspeito foi preso.

Camata foi governador do Espírito Santo entre 1982 e 1986, exerceu três mandatos como senador, de 1987 até 2011. Ele ainda foi vereador de Vitória, deputado estadual e deputado federal.

A Polícia Militar confirmou que Camata morreu no local. O autor dos disparos fugiu após cometer o crime, mas foi preso logo depois e presta esclarecimentos no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O corpo ficou caído na calçada. A perícia da Polícia Civil esteve no local. A Polícia Civil irá investigar o caso. A motivação para o crime ainda é desconhecida.

Biografia

Morre Gerson Camata, em Vitória — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Gerson Camata nasceu em Castelo, no sul do Espírito Santo, em 1941. Começou a vida profissional como jornalista e apresentador no programa Ronda Da Cidade, na Rádio Cidade de Vitória. Era formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Vitória.

Camata começou na vida pública como vereador da capital do Espírito Santo em 1967, no mandato seguinte, em 1971, foi eleito Deputado Estadual. Foi Deputado Federal por dois mandatos, de 1975 a 1983, governador do Espírito Santo em 1983 e foi por três vezes senador pelo estado, de 1987 até 2011.

Camata foi o primeiro governador democraticamente eleito depois da Ditadura Militar, no período de reabertura política.

Polícia do Rio descobre plano para assassinato de outro parlamentar

A Polícia Civil do Rio descobriu um plano para assassinar o deputado estadual Marcelo Freixo. A informação é do jornal O Globo. Atualmente, o parlamentar, segundo mais votado para deputado federal na eleição de outubro (com 342.491 votos), é presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Ele conta com proteção policial desde 2008, após receber inúmeras ameaças concretas de morte após presidir a CPI das Milícias. A Polícia Civil montou um relatório confidencial que aponta um novo plano para executar o parlamentar.

De acordo com o documento, o assassinato de Freixo, aconteceria durante uma agenda programada pelo parlamentar para o próximo sábado, em Campo Grande. Freixo encontraria com militantes e professores da rede particular de ensino, no sindicato da categoria. Os detalhes da atividade do parlamentar foram divulgados nas redes sociais e eram públicos.

Ainda conforme o documento da Inteligência da polícia do Rio, os três nomes citados já eram investigados por um suposto vínculo em grupos paramilitares da Zona Oeste há pelo menos cinco anos. Também aparecem no controle de operações ilegais da máfia dos caça-níqueis e do jogo do bicho.

O relatório foi elaborado nesta quarta-feira, 12, e difundido para vários outros setores de Inteligência da Secretaria de Segurança do Rio. Receberam cópias policiais civis, militares e agentes da contrainteligência da Subsecretaria de Inteligência da pasta. O documento identificou os envolvidos e anexou fotografias de todos eles.

Do Jornal Opção

Presos quatro suspeitos do assassinato do prefeito de Davinópolis; dois PMs envolvidos

Operação realizada hoje pela polícia resultou na prisão de quatro pessoas supostamente envolvidas no crime de encomenda do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva. Dois PMs também foram recolhidos.

As prisão foram efetuadas nesta manhã (terça-feira, 11), sendo nas cidades de Grajaú, Barra do Corda, Imperatriz e Dom Elizeu, no Pará

A operação cumpre mandados de busca e apreensão e prisão nas cidades de Barra do Corda, Grajaú e Imperatriz, no Maranhão, e Dom Elizeu, no Pará.

Jean dos Santos foi a pessoa quem executou o prefeito na fazenda dele. José Denilton Guimarães é mecânico, Willame Silva é policial da PM e fica em Grajaú e Francisco Assis Bezerra é PM lotado no Pará. O PM lotado em Grajaú teria sido outro executor do prefeito.

O prefeito Ivanildo Paiva foi assassinado em novembro, mas com as prisões efetuadas até agora a polícia ainda não revelou a motivação do crime.

O Blog do Luis Cardoso informou que existiam duas linhas de investigações, sendo uma passional e outra por desavenças políticas. Na época, circularam até indícios que levariam a um ex-deputado.

Do Blog do Luis Cardoso