Servidores do TJ em Coelho Neto aderem à greve da categoria

Os servidores do Tribunal de Justiça ligados a Comarca de Coelho Neto decidiram aderir à greve geral da categoria iniciada nesta quinta (13) em protesto contra o não pagamento pelo Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJMA) dos retroativos judiciais dos 21,7%.

unnamed (1)

O movimento paredista reivindica também o cumprimento da lei das perdas inflacionárias de 4.3% na folha de salários de novembro, com seus respectivos retroativos, além da fixação do dia 1º de Janeiro como Data Base para a revisão anual dos vencimentos e demais vantagens da categoria, condições dignas de trabalho na Justiça maranhense, fim do Assédio Moral e critérios isonômicos para a concessão do auxílio alimentação de servidores e magistrados. 

Durante café da manhã realizado no Fórum José Vera Cruz Santana no inicio da manhã o representante regional do Sindjus João Paulo Diolindo destacou a legitimidade do movimento em defesa do interesse dos servidores. “Não poderíamos deixar de participar dessa ação que visa coibir a conduta da atual direção do Tribunal. Estamos defendendo nossos direitos”, disse ele.

unnamed (2)

O movimento grevista iniciado pelo Sindicato dos Servidores do Tribunal da Justiça do Estado do Maranhão – SindjusMA segue por tempo indeterminado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *