Senadores maranhenses e o poder da barganha…

gastao_mtur

 

Do Correio Braziliense

Alguns senadores planejam aproveitar a proposta de emenda constitucional do teto de gastos para obter algum benefício do governo. Os três do Maranhão, por exemplo, Edison Lobão, João Alberto, ambos do PMDB, e Roberto Rocha, do PSB, fazem pressão pela substituição do presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Gastão Vieira. O orçamento do fundo é da ordem de R$ 59 bilhões, a maioria comprometida com despesas obrigatórias.

O governo ainda não disse se cederá. Afinal, Gastão Vieira é ex-deputado, já foi do PMDB de José Sarney e hoje está numa legenda aliada ao Planalto. O pedido para substituí-lo foi feito há um mês e, como a troca não ocorreu, eles agora aproveitam para uma nova investida. O Planalto ainda não disse nem sim nem não. É o presidente Michel Temer no seu estilo de deixar estar para ver como é que fica a solução natural logo ali na frente.

One thought on “Senadores maranhenses e o poder da barganha…

  1. Do jeito que esta o Gastão vai sai seu partido pros é fraco mesmo aliado ao planalto mas não é do PMDB ou PSDB.Esse cargo de presidente do FNDE jamais poderia ser troca barganha de partidos politicos fortes e não de partidos nanicos .Isso é uma vergonha por isso que o FNDE não vai pra frente com esses politiqueiros de plantão.É esperar pra vê os proximos capitulos dessa novela palaciana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *