SEMEC JÁ RESPONDEU QUESTIONAMENTOS DE BALAIOS

SEMEC JÁ RESPONDEU QUESTIONAMENTOS DE BALAIOS

No afã de querer aparecer principalmente durante esse ano, o SINTASP começou com suas intermináveis assembleias e questionando aquilo que já sabe pra tentar parecer ganho da entidade. Na tarde de hoje, o SINTASP convocou uma reunião para tratar vários pontos, alguns inclusive já respondidos, conforme nota divulgada pela Assessoria de Comunicação da SEMEC. Confira a integra da Nota de Esclarecimento divulgada pela SEMEC:
O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Coelho Neto – SINTASP/MCN marcou para a tarde de hoje (20), uma Assembléia Geral para tratar de vários assuntos com os filiados, estes na sua maioria questionados e prestado os devidos esclarecimentos a entidade. A fim de esclarecer a verdade, cabe expor entre outros pontos o que abaixo segue:
·         Uma das pautas da reunião diz respeito a pagamento de abono aos professores da Rede Pública Municipal de Coelho Neto/MA, em decorrência dos valores repassados a mais ao município de Coelho Neto-MA a SEMEC em Oficio n°. 006, de 17 de janeiro de 2012, esclareceu que o município de Coelho Neto aplicou 61,57% dos recursos federais recebidos com pagamento de professores, haja visto que apenas em janeiro de 2011, com a complementação recebida, fora paga a folha de pagamento referente a dezembro/2010;
·         Quanto à gratificação do FUNDEB e do vencimento base dos professores, bem como todas as gratificações que sofrem reflexo deste, já estão sendo incorporada a folha de pagamento do mês de janeiro de 2012, obedecendo às regras definidas na Portaria Interministerial 1809 e na Lei Municipal n°. 556/2008.
É importante pontuar que a Secretaria Municipal de Educação e Cultura preza pela transparência das informações a fim de que os fatos não sejam deturpados. Por Assessoria de Comunicação – SEMEC
Na verdade a pauta principal das discussões está sempre voltada para pagamento de salários dessa vez com um tal de abono pelo meio. Ora se a SEMEC comprova que 61, 57% foram gastos com pagamento de professores, da onde vem esse abandono? Doidos por uns caraminguás a mais nas contas no final do mês, os balaios esqueceram de lembrar em que situações o tal abono deve ser repassado.
No quesito gratificação do FUNDEB a Secretária de Educação Rosário Leal informou que o reajuste de gratificação e do vencimento base dos professores, bem como todas as gratificações que sofrem reflexo deste serão repassados na folha de pagamento de janeiro, ou seja, o Sindicato tenta aparecer com algo que já  é  fato para depois se mostrar como o pai da criança. Tu juras?
Todo esse jogo do Sindicato faz parte de um plano estratégico em não frustrar o papel da entidade de “defender” direitos dos trabalhadores. A entidade cria todas as situações na tentativa de ganhar ponto com os servidores e assim mostrar serviço. Em se tratando de quem esta por trás dessas articulações não e difícil prevê o que vem da casa amarela da Rua das Virtudes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *