Secretaria de Indústria e Comércio de Coelho Neto: mais um setor sem funcionalidade alguma…

 

Criada para ser uma das grandes apostas do governo eleito, passado quase dois anos a Secretaria de Indústria e Comércio idealizada pelo prefeito Américo de Sousa (PT) é mais um órgão que incha a estrutura administrativa, mas que na prática não tem resultado algum.

No seu programa de governo registrado na Justiça Eleitoral para a área do desenvolvimento econômico várias propostas que nunca saíram saíram do papel como criar programas de formação profissional e de geração de emprego e renda, propor a isenção parcial ou total do Alvará de Localização e Funcionamento para micro e pequenas empresas sediadas em Coelho Neto que comprovarem a geração de novos postos de trabalho, organizar o comércio informal de ambulantes e recuperar o mercado público central e revitalizar o mercado do produtor, para torná-los efetivamente lucrativos para os pequenos empreendedores.

A pasta chegou a ser chefiada por Cristiane Bacelar e desde a sua saída ficou acéfala, tanto que nenhum titular substituto fora nomeado. A pasta já consumiu cerca de R$100 mil reais do cofre público esse ano, cujo investimento não tem nenhum retorno para o município.

Quase R$ 100 mil reais gato para nada de retorno ao município

Estamos no mês das festividades de Natal, período no qual o comércio normalmente espera um aquecimento nas vendas e não há uma programação da tal secretaria para fazer algo que traga resultados para o comércio local. Na vizinha cidade de Caxias por exemplo, o Natal da Luz organizado pela Prefeitura conta com uma programação extensa para atrair visitantes, movimentar a cidade e gerar renda.

A recente crise que envolve o Grupo João Santos não despertou qualquer interesse ou manifestação pública da prefeitura, mostrando que estamos diante de um governo inerte e que não consegue enxergar um palmo a frente do próprio nariz.

A mais recente crise no Grupo João Santos repassada por entidades de classe que culminaria com o fechamento da Usina Itajubara  não despertou o governo para nenhum manifestação pública, mesmo sabendo a gravidade que  a medida representa 

A Secretaria de Indústria e Comércio é mais um setor criado para não existir.

É mais um engodo vendido pelo atual prefeito e que mostra quão incompetente é seu governo…

One thought on “Secretaria de Indústria e Comércio de Coelho Neto: mais um setor sem funcionalidade alguma…

  1. Voltando uns anos atrás dois motivos de coelho neto no natal da luz
    Não ir muito bem, WALTENIR LOPES e GUANABARA entregaram coelho neto para grupo sarney usar como boi de piranhas financiar campanha de prefeito de São Luís, diferente de Caxias outro foi a desmobilização do grupo Santos, de lar para car acabou o que era
    Doce

Deixe uma resposta