Projeto de Lei do vereador João Paulo sobre o “Setembro Amarelo” já integra o calendário de Coelho Neto

O “ Setembro Amarelo” foi instituído no calendário oficial de eventos do Município de Coelho Neto desde o dia 10 de janeiro deste ano. O projeto de Lei de nº 707/2018 é de autoria do vereador João Paulo Gomes Diolindo (MDB), aprovado pelos vereadores da Câmara e sancionada pelo Prefeito Américo de Sousa (PT).

O projeto foi apreciado pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Casa, que deu parecer favorável ao projeto, e foi aprovado por unanimidade pelos treze vereadores presentes na sessão Ordinária do dia 28 de dezembro de 2017.

A lei garante que seja realizada anualmente durante todo o mês de setembro a Campanha de Prevenção ao Suicídio, divulgando informações, a exemplo de ações de rua, como caminhadas, passeios ciclísticos, passeios motociclistas, abordagens em locais públicos, iluminação e monumento, etc.

O objetivo da criação da lei é alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no Mundo e suas formas de prevenção.

Há quatro anos a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), promove a Campanha Nacional Setembro Amarelo.

Considerando o grande número de suicídios registrados no ano de 2017 em Coelho Neto, o Vereador João Paulo teve a iniciativa de elaborar o aludido projeto, buscando criar mecanismos de prevenção e quem sabe, erradicação desse grave problema no Município.

Com contribuição da Assecom da Câmara Municipal

Deixe uma resposta