Prefeitura recua da “queda de braço” com Agentes de Endemias…

Parece que não vai para lugar algum a “queda de braço” proposta pela Secretaria de Saúde com a classe dos Agentes Comunitários de Endemias – ACE em Coelho Neto. Ocorre que no governo do ex-prefeito Soliney Silva, a classe recebia pelo trabalho de 20 horas o piso de R$ 1.014,00 mais adicional de insalubridade de 20%.

Com a posse do novo governo, a Secretária de Saúde Cristiane Bacelar querendo “inventar a roda”, tirou da gaveta uma portaria que segundo ela, a classe deveria receber o mesmo salário mas trabalhando por uma jornada dupla: 40 horas. Ai não prestou e o povo rodou a baiana!

A história da invenção da roda, parte do princípio de que no exercício do mandato de vereadora, Cristiane sempre defendeu a classe e nunca soube da tal portaria… veio conhecê-la justamente depois que sentou na cadeira.

Durante a reunião marcada para anunciar a implantação das 40 horas no último dia 01, o vereador João Paulo (PMDB) esteve presente e segundo fomos informados, se manteve firme ao lado da categoria.

Diante da resistência da classe, a Prefeitura teve que recuar e segundo nos foi repassado, o acordo foi fechado em torno de apenas 30h.

Nem mais e nem menos!

3 thoughts on “Prefeitura recua da “queda de braço” com Agentes de Endemias…

  1. Bem feito para os servidores concursados de todas as áreas de coelho neto,agora vão trabalhar e comprovar que trabalhou para receber! Durante quatro anos,chupa que é de uva.

  2. SAMUEL BASTO,acabei de ficar sabendo que prefeito atual, chamou todos os concursados na prefeitura para fazer o pagamento do mês de Dezembro, os contratados, nada! Que humilhação! Pois osomos trabalhadores também e merecemos respeito.Como nosso prefeito atual é contraditório, pois até o ano passado ele falava que todos os contratados eram trabalhadores e mereciam seus pagamentos e recriminava o ex-prefeito por discriminar os contratados referente ao pagamento.Mas pelo menos o ex-prefeito pagava e o atual prefeito,nem isso.Que humilhação!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *