Prefeito de Coelho Neto e o medo das vaias no Carnaval…

Américo: temor de novas vaias

 

 

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) é o nervosismo em pessoa nos bastidores com a proximidade da chegada do Carnaval.

Desde que fora vaiado durante o aniversário da cidade em outubro do ano passado pela multidão que comparecia a um sorteio realizado pelo seu próprio governo, o petista que já não era sociável ficou ainda mais retraído. O episódio foi tão constrangedor, que o deputado federal Zé Carlos (PT) – em seu primeiro evento depois de longo tempo sem pisar na cidade – não teve coragem sequer de discursar.

Após o episódio das vaias, o petista desmarcou uma agenda com a presença do governador Flávio Dino que chegou a ser ensaiada e não realizou a festa de réveillon que ele mesmo chegou a dizer que estava resgatando em 2016, horas antes de tomar posse.

Além disso, tem evitado eventos com multidão, se limitando apenas a pequenos eventos e reuniões com vereadores e aliados mais próximos no gabinete.

Rejeitado, Américo teme que a aglomeração de gente o faça sofrer represálias novamente. Nos bastidores já se estuda se o prefeito se recolhe a um camarote ou se arrisca a dar uma palhinha.

É aguardar e conferir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *