Denúncia: Prédios abandonados ameaçam a saúde pública em Coelho Neto sob o olhar inerte das autoridades…

 

 

A situação das pessoas que moram em torno dos prédios da Associação Atlética Banco do Brasil – AABB e do Jaguar Clube é de total apreensão e insegurança.

Em tempos de chuva e com o Ministério da Saúde alertando para o risco do acúmulo de água parada, em Coelho Neto a coisa anda na contramão e os dois espaços se transformaram em criatórios gigantes de aedes aegypti a céu aberto.

As piscinas abandonadas servem para acumular água e com isso funcionam como o depósito ideal para abrigar as larvas do mosquito e contribuir com a proliferação de doenças como a dengue, zika, febre amarela e chikungunya.

A Secretaria de Saúde e a Vigilância Sanitária chegaram a inspecionar o local em 2016 (relembre AQUI), mas não se sabe os desdobramentos dessa visita naquele período. Após um ano do atual governo, houve uma visita ao local mas o problema persiste e não se sabe das providências tomdas nem pela Secretaria de Saúde, nem pelo Conselho de Saúde e muito menos pela Vigilância Sanitária com vistas a encaminhamentos práticos para resolver o problema.

O Ministério Público também deveria ser acionado para responsabilizar quem de direito, já que os espaços do jeito que estão representam hoje um risco a saúde pública.

Fica a provocação e a denúncia para que as autoridades se manifestem e esse problema seja resolvido de forma urgente, sob pena de estarmos colocando em risco a saúde das pessoas que moram naquele entorno e posterior proliferação das doenças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *