Poder Judiciário marca julgamento de empresário acusado de duplo homicídio em Coelho Neto

Há quase 3 anos após a morte da empresária Antônia Gomes da Silva, conhecida como Toinha da Joamam e  José Adalmir da Silva, foi marcada a audiência de julgamento de José Oscar de Azevedo Silva acusado por duplo homicídio, ocorrido no dia 08 de Julho de 2014.

O júri será presidido pela Juíza da 2º vara da Comarca de Coelho Neto, Karla Jeane Mattos e a acusação do Ministério Público será por conta da Promotora Elizete Pereira. O júri está marcado para a 1º semana do mês de setembro, com a previsão de que tenha início no dia 04 e dure até o dia 06 de setembro.

Oscar Azevedo está preso na carceragem da delegacia de Coelho Neto desde o dia 20 de julho de 2014, aguardando o julgamento. Se condenado, pode pegar até 60 anos de prisão.

Entenda o caso

O duplo homicídio aconteceu na manhã do dia 08 de setembro de 2014, na residência do casal de empresários Antonia Gomes e Oscar Azevedo em Coelho Neto.  Vizinhos relataram ouvir barulhos de tiros na residência e acionaram a polícia, que ao chegar no local encontrou a empresária ainda com vida, mas muito machucada quase em óbito e o funcionário do casal, Adalmir da silva, 44 anos, já sem vida.  José Oscar de Azevedo, não foi encontrado no local do crime mas foi apontado como o principal suspeito do duplo homicídio.

Ao se entregar para a Polícia Civil, o acusado alegou legitima defesa. Dizendo que foi surpreendido quando viu a esposa quase sem vida na cozinha de casa e que logo em seguinte efetuou disparos contra José Adalmir, que na versão dele, foi o agressor da empresária.

A tese de José Oscar foi questionada, pois  indícios apontavam que houve um duplo homicídio.Várias provas de que o casal estava em atrito familiar foram encontradas.
O caso repercutiu em todo o Estado e causou revolta na população coelhonetense, que realizou até manifestação em pedido de Justiça.

O blog recebeu a informação de que a defesa tenta adiar o Júri, buscando com que o réu não seja julgado no município. A população aguarda o desfecho dessa história que marcou de forma triste o município de Coelho Neto.

Do Blog Diário de Notícias

2 thoughts on “Poder Judiciário marca julgamento de empresário acusado de duplo homicídio em Coelho Neto

  1. Muito triste.Tinha ele como uma pessoa muito educada, quando era criança eu vendia roupa com meu pai na feira , ele semprecisa nos tratava bem.Que Deus restaure ele.Porém a justiça precisa ser feita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *