Pesquisa Amostragem: População aponta saúde como problema mais grave de Coelho Neto

Pesquisa Amostragem: População aponta saúde como problema mais grave de Coelho Neto

O Instituto Amostragem divulgou nesta terça (28), o resultado da pesquisa de opinião pública realizado em Coelho Neto entre os dias 10 e 12 de janeiro de 2020.

A amostra tomou por base 300 eleitores para um nível de confiança de 95%, com margem de erro de 5,54% para mais ou para menos. A pesquisa foi realizada em bairros da cidade, além dos povoados Santa Maria, Pindaré, Olho d´Agua Grande, Monte Alegre, Buenos Aires, Santana Velha, e Bananalzinho. Do público entrevistado, 47,33% representava o público masculino e 52,67% representava o público feminino, sendo 246 da cidade e 54 da zona rural.

Quando o eleitor é perguntado qual o problema mais grave da cidade/zona rural, a saúde é apontada por 27,67% dos entrevistados. Em segundo lugar calçamento/asfalto com 23,67%, seguido de segurança pública 20,33%, Abastecimento/tratamento de água 16,33%, limpeza pública/coleta de lixo 13,33% e hospital/posto de saúde/upa (construção/conservação).

Também foram apontados como problemas iluminação  pública 9,67%, desemprego 8,33%, serviços de educação 6,67%, estradas 6,33%, saneamento básico (galerias, redes de esgoto) 5,67%, Má administração 1,67%, infraestrutura 1,67%. Sobre a mesma pergunta outros temas 2%, nenhum/não tem 4,67% e não sabe/não opina 4,33%.

A pesquisa do Instituto Amostragem foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-05764/2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *