O oportunismo deslavado do prefeito de Coelho Neto…

Governador Flávio Dino ao lado do vice Brandão anunciou o IEMA para Coelho Neto ainda em 2015 sem Américo ter nada haver com a história agora tenta ganhar os dividendos da obra: oportunista

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) não perde a oportunidade de tentar ganhar dividendos políticos-eleitorais até mesmo com aquilo que não é da sua alçada e que não tiveram nenhuma participação sua. Para isso usa a imprensa paga com recursos públicos para tentar ludibriar e enganar aqueles que desconhecem os fatos.

A última postagem para tentar elevar a moral do prefeito disparado pela comunicação do governo é um misto de mal gosto, descaramento e mentiras tudo junto no mesmo caldeirão: Iema de Coelho Neto – um sonho cada vez mais próximo de virar realidade, diz o título da matéria. No teor fala da licitação da unidade de ensino que ainda será realizada e tenta insinuar que a ação só veio após a conversa do prefeito com o governador Flávio Dino (PCdoB) esse ano. É muita cara de pau!

Para esclarecer a verdade dos fatos, o IEMA de Coelho Neto foi anunciado pelo governador Flávio Dino ainda em abril de 2015, naquilo que seria a primeira obra do governo dele na cidade (relembre AQUI). Em setembro de 2016, o Governo do Estado anunciou que o IEMA de Coelho Neto entrava para a fase de projetos (relembre AQUI).

Ainda na gestão do ex-prefeito Soliney Silva (MDB) iniciou-se o processo de doação do terreno para a instituição. Pois bem, em 09 de fevereiro de 2017 (pouco mais de um mês da posse de Américo como prefeito) um dos lacaios do governo na blogosfera fez uma postagem dizendo que as obras do IEMA de Coelho Neto iriam começar. Para enfeitar a história disse que as obras estavam atrasadas porque o ex-prefeito não tinha feito a terraplanagem, mas que ele Américo o faria imediatamente para que as obras fossem iniciadas.

Agora, um ano depois, Américo confirma o quanto é mentiroso. Ora, como é que as obras estavam atrasadas porque o ex-prefeito Soliney Silva não tinha feito a terrapalanagem e que ele ia fazer, se a obra sequer tinha sido licitada? Nas reuniões que teve com o governador, não há qualquer registro público de fala sobre o Iema, é tanto que esse blog fez uma postagem no mês passado fazendo uma cobrança (relembre AQUI), já que na visita dos secretários de estado a Coelho Neto, nada sobre o assunto foi publicizado.

Pois bem é essa a história do IEMA de Coelho Neto, que após 03 (três) anos da promessa vai sair do papel. A obra é um compromisso de Flávio Dino com a cidade e que Américo não tem nada haver com a história.

Sem ter o que mostrar do seu governo incompetente, o prefeito tenta enganar a população com seu oportunismo deslavado.

Mas felizmente quem conhece a história não cai nessa conversa fiada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *