O constrangimento de Rafael Cruz…

Rafael Cruz: constragimento público

Uma das coisas que mais chamou atenção durante a sessão de eleição da Mesa Diretora realizada no domingo (01), na Câmara de Coelho Neto, foram as vaias direcionadas ao vereador Rafael Cruz (PMDB).

Ausente das últimas sessões extraordinárias, o peemedebista reapareceu para tomar posse. Em meio ao discurso ao fazer uso da palavra, o vereador aproveitou para fazer referências elogiosas ao ex-prefeito Soliney Silva (PMDB), momento em que a galeria lotada reagiu com gritos e vaias.

Se não bastasse isso, Rafael reafirmou sua condição de oposição ao novo prefeito, momento em que novamente sentiu a reação contrária dos presentes.

O vereador ainda quis contrapor com a galeria, mas foi vencido pelo cansaço e pela reação cada vez mais efusivas contra seu discurso. O clima foi de total constrangimento, haja visto que ele foi o único a passar por esse vexame.

Leia também:

Como já havíamos dito anteriormente, Rafael Cruz tende a atuar de forma isolada.

E colhendo os frutos de um posicionamento totalmente extemporâneo…

5 thoughts on “O constrangimento de Rafael Cruz…

  1. Constrangimento? Quem és tu, Samuel, para falar em constrangimento?

    Não era tu que há pouco tempo estava do outro lado?

    Tu era quem deveria estar constrangido, pois pra onde vai o povo tira sarro de ti.

  2. E hoje se Rafael fosse dizer em plenário que iria fazer oposição contra o atual gestor será que ele iria vaiado acho que não hoje seria outra reação do plenário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *