“NÃO FAZ ISSO, NÃO!”, AINDA TERIA DITO DÉCIO SÁ APÓS PRIMEIRO TIRO

“NÃO FAZ ISSO, NÃO!”, AINDA TERIA DITO DÉCIO SÁ APÓS PRIMEIRO TIRO

De O Imparcial
Segundo a dona do bar onde Décio Sá foi assassinado, Jackcilene Moreira, o jornalista ainda pediu por clemência ao levar o primeiro tiro. Ele teria levantado o braço e gritado “Não faz isso, não!”.
Testemunhas oculares contam que ao chegar ao bar Estrela do Mar, o blogueiro pediu uma comida e ficou tomando cerveja enquanto esperava, sozinho em uma mesa. O assassino teria entrado, identificado-o e atirado nele pelas costas. As pessoas ficaram apavoradas e saíram correndo. “Era mesa virada pra todo lado, pedaços do cérebro dele espalhados, um horror”, contou Jackcilene.

Ela ainda revelou que o garçom que estava trabalhando no momento está traumatizado, dizendo que não quer mais voltar a trabalhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *