Moabe Branco denuncia descaso com pacientes de Coelho Neto que fazem tratamento em Teresina

Moabe Branco denuncia descaso com pacientes de Coelho Neto que fazem tratamento em Teresina

Inscrito no Grande Expediente da sessão de ontem (18), o vereador Moabe Branco (PSD), levou a tribuna uma denúncia sobre o transporte de pacientes que fazem tratamento na capital Teresina-PI.

De acordo com informações levantadas pelo parlamentar, uma paciente que faz tratamento de câncer sai da cidade às 04 horas da manhã e volta somente às 17 horas, mesmo o processo de radioterapia durando apenas cerca de uma hora. O motivo da demora de acordo com a paciente seria a obrigatoriedade de esperar outros pacientes que utilizam o mesmo carro, muitos deles com atendimentos totalmente diferenciados.

O vereador destacou que a situação é desumana, haja visto que o processo de radioterapia é cansativo, dolorido, feito em um transporte sem o menor conforto (ambulância) e e meio a outros pacientes com problemas diversos. Ele relatou que além de esperar quase 08 horas, não há uma casa de apoio para suporte, a paciente precisa esperar na rua e sem qualquer ajuda de custo para a alimentação. Na oportunidade ele fez questão de lembrar os carros novos que o município tem adquirido, mas que mesmo assim submetem os pacientes a condições tão desfavoráveis.

Ainda durante o discurso ele destacou a falta da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, que muitas das vezes tem sido substituída por uma ambulância Fiorino sem quaisquer aparato para socorrer qualquer paciente, além de ter recebido informações que o atual governo teria suspendido a ajuda de custo para pacientes da hemodiálise.

Ao final, ele pediu que o presidente da Câmara solicitasse da secretária de Saúde Olímpia Delgado todas as informações sobre as condições dos transportes do município. O vereador Rafael Cruz (MDB), convidou o colega para levar o assunto ao conhecimento do Ministério Público.

Da Ascom/Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *