MENSALÃO DO PT: MAIOR JULGAMENTO DA HISTÓRIA DO STF COMEÇA NO DIA 2 DE AGOSTO

MENSALÃO DO PT: MAIOR JULGAMENTO DA HISTÓRIA DO STF COMEÇA NO DIA 2 DE AGOSTO

O caso do Mensalão, o principal escândalo do governo Lula, será julgado na próxima quinta-feira (2). Os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) começarão a analisar a ação penal de número 470, que é o maior e mais importante julgamento da história da corte.

O processo do mensalão tem mais de 50 mil páginas, e cerca de 600 pessoas foram ouvidas desde 2006, quando a denúncia foi apresentada. Trinta e oito pessoas serão julgadas, acusadas de integrar um esquema ilegal de financiamento político no início do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Dez dos envolvidos são do PT.
De acordo com a denúncia da Procuradoria Geral da República, era pago um valor mensal para parlamentares que votassem a favor de projetos do governo. Entre os réus, estão dirigentes do Banco Rural, ex-ministros, parlamentares, e o empresário Marcos Valério.
A acusação, feita pelo então deputado Roberto Jefferson (PTB), aponta o ex-chefe da Casa Civil, José Dirceu, como o líder do esquema. O último, por sua vez, diz que Jefferson, que também é réu na ação, “inventou” o escândalo.
Sobre o caso, o ex-presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, disse que o julgamento poderá marcar a história do Brasil. Em vídeo postado em seu blog, o tucano disse que este é um momento da história brasileira, da construção da cidadania, das instituições.
“Alguns criticam que estão ouvindo a opinião pública… Claro que o juiz julga pela lei, mas a lei também não é algo também que não tenha alguma relação com a vida. Claro que não pode substituir a lei, mas a existência de opiniões na sociedade faz parte também de um processo que é eminentemente político. Claro que o juiz vai ter que separar o joio do trigo”, disse ainda o ex-presidente.
A previsão é que o julgamento termine em setembro, depois de muito debate entre ministros, advogados e procuradores.
Do site Tudo na Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *