JACKSON É CASSADO. TSE MANDA ROSEANA ASSUMIR

JACKSON É CASSADO. TSE MANDA ROSEANA ASSUMIR


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou ontem o mandato do governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), e determinou que o governo do Estado seja assumido pela senadora Roseana Sarney (PMDB-MA), segunda colocada na eleição de 2006.

A decisão foi tomada durante o julgamento de um processo no qual Lago(FOTO)foi acusado de abuso de poder e compra de votos. Foi a segunda cassação de governador em menos de um mês. No dia 17, o TSE confirmou a cassação do então governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), e a posse do então senador José Maranhão (PMDB).

Cinco dos sete ministros do TSE concluíram que na eleição de 2006 ocorreram irregularidades que beneficiaram a candidatura de Jackson Lago e prejudicaram Roseana Sarney(FOTO). Entre outras acusações, a oposição alegou que foram feitos 1.817 convênios no ano da eleição entre o governo estadual e prefeituras e associações civis.

O relator do caso no TSE, Eros Grau, disse que ficou comprovada a compra de votos em Imperatriz, com a prisão de eleitores e a apreensão com o motorista de um vereador de R$ 17 mil em notas miúdas, de uma tabela com valores que seriam pagos em troca dos votos e de santinhos de Jackson Lago.

“A lei é para ser aplicada”, afirmou Eros Grau. “Não há, no caso dos autos, exceção. Não há nada que justifique a desaplicação da lei”, disse o relator. “A prova é contundente para caracterizar a captação ilícita de sufrágio”, concordou o ministro Ricardo Lewandowski. Essa compra de votos teria sido confirmada posteriormente em depoimentos, observou o ministro.

JACKSON LAGO SOBE EM PALANQUE APÓS RESULTADO

O governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT) acompanhou o julgamento com aliados políticos, partidários do PDT e integrantes de movimentos sociais, no Palácio dos Leões. Após o julgamento, o governador não quis gravar entrevista, mas falou no palanque.

– Nós acabamos de ver mais uma vez como é difícil enfrentar as elites do nosso estado e as elites do nosso país. Os nossos advogados vão entrar com as medidas judiciais cabíveis. Vamos pois, aguardar os resultados das ações dos nossos advogados. Mas quero dizer também que tenho consciência de nossa responsabilidade com a maioria da população do nosso estado. Aqueles que entendem que nós devemos lutar também para defender o voto de cada mulher e cada homem, contem comigo – afirmou.

FONTE: IMIRANTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *