Já não se faz mais primeira dama como antigamente…

Suely Silva: trabalho reconhecido que incomoda um governo inerte e que sem assunto procura pêlo em ovo

A falta de assunto nos blogs do governo é tamanha, que no início desta semana resolveram atacar a ex-primeira dama de Coelho Neto Suely Silva. Coincidência ou não, o fato acontece dias após esse blog ter noticiado a postura da atual primeira dama Iranete Sousa de não se envolver em nenhum projeto social do governo e de noticiar a reunião de amigos organizada pela ex-primeira dama na Fazenda Pimentas no último domingo (04).

Para criar um fato, pegaram o trecho de uma conversa para tentar fazer crer que a ex-primeira dama se referia a membros de um grupo de whatsapp. Só esqueceram de dizer que o recado da ex-primeira dama (corretíssimo por sinal), foi endereçado a uma única pessoa – inclusive bastante conhecida pelos membros do governo – por usar a rede social para denegrir a imagem das pessoas e ataca-las de todas as formas.

Estranhamente os blogueiros do governo estranharam a postura da ex-primeira dama mas não deram uma palavra sobre a abordagem extremamente grosseira da atual primeira dama a um vigia que durante a festa do servidor no sindicato cobrava o terço de férias que ainda não havia recebido. Dois pesos e duas medidas?

Pois bem, o “blogueiro aposentado” foi mais além como sempre e disse que não se fazia mais ex-primeira dama como antigamente. Vamos aproveitar essa fala dele para concordar e dizer que realmente não se faz mais primeira dama como antigamente. Durante toda a carreira política do ex-prefeito Soliney Silva, a ex-primeira dama Suely Silva foi figura de proa, nunca uma mera coadjuvante. Ao contrário de um prefeito que chegou a dizer numa reunião de professores dias atrás que sua esposa não mandava em nada porque quem tinha sido eleito era ele, Soliney fazia questão de ter Suely como participante do governo mesmo sem exercer cargo público e reconhecendo sua importância.

Foi ela que sempre esteve à frente de ações como doação de enxovais, cestas básicas, ovos de páscoa e brinquedos no dia das crianças e natal ainda quando o marido era vereador e continuou quando este se elegeu três vezes para deputado, isso sem falar nos clubes filantrópicos que participou e ajudava.

Após se tornar primeira dama, Suely apenas ampliou o trabalho social com crianças. Desenvolveu ações na área da mulher, do idoso, patrocinou baile de debutantes para jovens carentes e sua casa nunca foi fechada para o povo, ao contrário, ficava a cargo dela a recepção para secretários, assessores do governo, classe política, o povão em geral e tantos eventos que realizou no período eleitoral e fora dele. Nenhuma ex-primeira dama comandou tantos eventos em sua casa como ela.

Foi candidata a vice-prefeita e presidia o partido que o marido se reelegeu prefeito. Recebeu o Título de Cidadã Honorária Coelhonetense dado pela Câmara pelos relevantes serviços prestados a cidade. Nos últimos 08 (oito) anos tivemos uma mulher que soube honrar com maestria a função de primeira-dama, auxiliando o marido no comando do município, ouvindo o povo e ajudando quem precisava. Era ativa, tinha voz e sabia se impor quando necessário.

Hoje o cargo é como se não tivesse ocupante alguma. Como bem disse o blogueiro do governo já não se faz mais primeira dama como antigamente, porque muitas que ocupam o cargo atualmente mais parecem um vaso chinês: todo mundo está vendo que existe, mas só serve de enfeite…

Simples assim!

3 thoughts on “Já não se faz mais primeira dama como antigamente…

  1. Quándo a pessoa nasce com sustentabilidade, Cultura párá sáber melhor ,convívio com a saciedade é diferente do ser que lapidado e mesmo assim nâo consegue se estabilizar socialmente.

  2. Que o blogueiro aposentado responda se tiver argumento. Rsrs
    Podia ir dormir sem essa mais como vergonha vem de berço e poucos teem… ta ai a melhor resposta para o ignorante. 😂😂😂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *