Irmão da secretária de Educação de Coelho Neto dá piti e tentar jogar o problema para debaixo do tapete..

“Pedido de socorro” de um dos alunos lança por terra lenga-lenga do irmão da secretária de Educação

 

 

O diretor da Escola Benedito Duarte, professor Willame Caldas, resolveu usar a rede social para se pronunciar diante das denúncias de venda e consumo de droga na unidade, divulgada pelo investigador da Polícia Civil, Albino Klauberth.

Diferentemente do que fora divulgado pela imprensa alugada pelo governo, não houve ataque algum na postagem a professores (os professores na verdade lembram quem foi o aliado do prefeito que atacou a classe recentemente). Pois bem, Albino foi procurado por alunos e trouxe a tona os reclames sobre a falta de segurança na escola.

Ao invés de admitir o problema, o diretor (que ilustra um dos casos escancarados de nepotismo do governo ), preferiu politiziar sua nota e jogar o problema para debaixo do tapete, como o governo do seu patraão gosta de fazer.

Os casos denunciados na Escola Benedito Duarte não é algo exclusivo de lá, tanto que recentemente tivemos denúncia de um professor agredido nas dependências de uma das escolas da rede municipal de ensino. A lenga-lenga do irmão da secretária de Educação em defender a própria gestão não acrescentou em nada no debate, pois não esclareceu uma medida sequer adotada pelo governo para coibir o que fora denunciado por alunos da escola.

A falta de vigias nas escolas também é algo que está a olho nu, que nem o governista mais cego é capaz de negar. Então ao invés de tá com discurso fácil, Willame deveria provocar sua irmã para uma reunião com os demais gestores que enfrentam o mesmo problema para estudar estratégias de enfrentar a problemática.

Pois de conversa fiada todo mundo já está cheio…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *