Governo Bolsonaro unirá Porto do Itaqui ao Porto de Santos

Governo Bolsonaro unirá Porto do Itaqui ao Porto de Santos

O governo Bolsonaro deve tirar o controle do Porto do Itaqui do governo Flávio Dino – o porto é administrado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) – e entregar  um vice-almirante da Marinha do Brasil.

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou, por meio de vídeo publicado em seu perfil no Twitter, que o governo licitará até o fim do ano que vem, três ferrovias.

Segundo o ministro, o novo programa de concessões de ferrovias permitirá, ao setor, dobrar sua participação na matriz de transporte brasileiro até 2025, saltando de 15% para cerca de 30% no intervalo de 8 anos. “Vamos ter uma grande espinha dorsal ferroviária. Isso vai ser transformador para o país”, completou o ministro.

O primeiro leilão já acontecerá em março, com a licitação da ferrovia Norte-Sul, que interligará o Porto Nacional, em Tocantins, à Estrela do D’Oeste (SP), unindo o Porto do Itaqui, no Maranhão (MA), ao Porto de Santos, em São Paulo (SP).

As outras duas concessões serão a ferrovia de integração Oeste-Leste, na Bahia, que vai ligar Caetité ao Porto de Ilhéus, e ainda a Ferrogrão, no Mato Grosso (MT). A informação é do Click Petróleo e Gás.

Do Blog do John Cutrim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *