Governadores debatem antecipação de 2ª dose da Pfizer e AstraZeneca

Governadores debatem antecipação de 2ª dose da Pfizer e AstraZeneca

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, reúne-se hoje, 13, por videoconferência, com governadores brasileiros para debater temas relacionados à pandemia da Covid-19.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), representará os colegas presencialmente no encontro. O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), participará de forma remota, assim como os demais.

Um dos principais pontos da reunião é a possibilidade de antecipação da aplicação de segundas doses das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca.

Atualmente, o Brasil adota como protocolo um intervalo de 90 dias entre a primeira e a segunda doses desses imunizastes – embora em vários países a segunda dose seja aplicada apenas 21 dias após a primeira.

Alguns estados já anunciaram que adotarão esse novo procedimento, mas os governadores querem unificar o processo.

Aulas

Os gestores estaduais também debaterão um plano de retomada das aulas presenciais, principalmente após anúncios de vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos.

Professores já foram vacinados em grupos prioritários em vários estados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *