GASTÃO VAI RELANÇAR PROGRAMA DE VIAGENS PARA IDOSOS

GASTÃO VAI RELANÇAR PROGRAMA DE VIAGENS PARA IDOSOS

Rio – O projeto “Viaja Mais Melhor Idade”, que oferece pacotes turísticos com preços especiais para pessoas com mais de 60 anos, será relançado pelo Ministério do Turismo, no Rio, durante o Salão Estadual de Turismo, que será realizado na Praia de Copacabana nos dias 22 e 23 de outubro. O anúncio foi feito na noite desta quinta-feira pelo novo ministro do Turismo, Gastão Vieira, que fez sua primeira viagem oficial ao Rio depois de assumir o cargo, no dia 16.

Ministro Gastão Vieira com o secretário de Turismo do Rio de Janeiro, Ronald Ázaro

Vieira visitou o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e, à noite, se encontrou com o secretário estadual de Turismo, Ronald Ázaro. O ministro garantiu apoio ao Rio para desenvolver projetos de revitalização do turismo no interior e na capital durante os grandes eventos que serão realizados nos próximos anos, entre eles a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas em 2016.

– As capitais que vão sediar a Copa do Mundo vão merecer uma atenção especial do Ministério do Turismo, mas o Rio terá tratamento prioritário porque, além da Copa, vai sediar a Rio +20 em 2012, a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude em 2013 e as Olimpíadas em 2016. O Rio possui uma diversidade turística muito feliz. Vamos apoiar intensamente a formação de profissionais, principalmente os taxistas, que precisam falar inglês. É preciso capacitar os cariocas e os profissionais do entorno da cidade para receber tantos turistas nos próximos anos – disse o ministro.

Durante o encontro com Gastão Vieira, Ronaldo Ázaro apresentou a campanha publicitária que vai estimular o turismo na região serrana fluminense, que foi castigada pelas chuvas em janeiro deste ano. A campanha, que será lançada no Salão de Turismo, chegará a painéis das ruas da Zona Sul do Rio e de outras capitais para vender as belezas naturais dos municípios da Região Serrana, que terão também uma série de eventos para atrair turistas.

– Vamos mostrar, através da campanha, que a Serra está recuperada. Outras ações serão desenvolvidas nas mídias sociais para mostrar que a fase crítica é coisa do passado. Vamos mostrar fotografias e vídeos com data para comprovar que o caos já passou e que as pessoas podem voltar a visitar as cidades serranas da Serra fluminense – garantiu Ázaro.

O ministro do Turismo explicou que as obras previstas no Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) ainda não começaram apenas por causa da necessidade de o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovar os projetos de financiamento. Ele garantiu que o governo federal vai investir, como contrapartida, R$ 60 milhões, principalmente em obras de infraestrutura no Estado do Rio. Entre as obras estão o Centro de Convenções de Cabo Frio e a urbanização da orla da Vila do Abraão, em Angra dos Reis.

– Não há tempo a perder. Estou há 14 dias no ministério e decidi vir ao Rio para ouvir as necessidades e agir rápido com minha equipe técnica. Vamos melhorar muito o nível de atendimento do Ministério do Turismo ao Rio. A presidente Dilma me recomendou investir no turismo social. Por isso vamos relançar logo o programa da terceira idade aqui no Rio, justo em Copacabana onde a grande maioria dos moradores é formada por idosos. Outro objetivo é a regionalização do turismo. O Rio é um imenso laboratório para a regionalização porque é um estado pequeno, com uma diversidade fantástica, que permite que você se desloque da praia para a serra em menos de uma hora. Este programa vai estimular o turismo num raio de 200 quilômetros das cidades, sobretudo na baixa estação – explicou Vieira.

Durante o encontro, o secretário de Turismo do Rio pediu apoio de Gastão Vieira para o projeto que reformula toda a sinalização turística do Estado do Rio. Serão instaladas 8.017 placas e 91 pórticos na entrada das cidades turísticas. Já em 2001, com recursos próprios do estado, serão investidos R$ 500 mil no projeto.

Do Blog do Décio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *