‘GASTÃO FAZ UM BOM COMEÇO’, DIZ JOSIAS DE SOUZA

‘GASTÃO FAZ UM BOM COMEÇO’, DIZ JOSIAS DE SOUZA

Do blog do Josias de Souza:

Gastão Vieira, o novo ministro do Turismo, decidiu remodelar a estratégia do governo no treinamento de mão de obra para a Copa do Mundo de 2014.

Em vez de repassar verbas a ONGs, Gastão vai firmar parceria com o Senac, instituição de ensino profissional do “Sistema S”. Nos próximos dias, técnicos do Turismo e do Senac farão a primeira reunião. O encontro foi acertado na última quarta-feira (21). Nesse dia, Gastão recebeu Gil Siuff, presidente da CNC (Confederação Nacional do Comércio), entidade que gere o Senac.

Decidiu-se criar um programa conjunto para treinar trabalhadores de setores com vocação turística: bares, restaurantes e hotéis, por exemplo. “Temos de fazer as coisas com quem sabe fazer”, disse Gastão. Até aqui, o governo vinha priorizando o repasse de verbas para ONGs.

Uma delas, o instituto Ibrasi, tornou-se estrela do escândalo esquadrinhado pela PF e Procuradoria. Verificou-se que um dos convênios firmados com o Ibrasi para treinar de mão de obra turística no Amapá não produziu cursos, mas desvios. Evaporaram R$ 3 milhões.

O Senac lançou em março um programa nacional de educação profissional voltado especificamente para a Copa-2014. Prevê a qualificação de 1 milhão de profissionais do turismo em três anos. Gastão quer inserir o Ministério do Turismo nesse projeto.

O novo ministro imagina que, levando as ONGs ao freezer, congelará um dos principais focos de corrupção do seu ministério. Simultaneamente, Gastão tenta distanciar-se do estilo do antecessor Pedro Novais, apeado do ministério em meio a uma bruma de suspeições.

Maranhense como Novais, filiado ao mesmo PMDB e apadrinhado pelo mesmo José Sarney, Gastão quer realçar diferenças. Na quinta (22) e nesta sexta (23), um servidores do Turismo, agora sob “nova” gestão, participou de um ciclo de palestras anti-corrupção.

Foram ministradas pelo pessoal da Controladoria-Geral da União e do Tribunal de Contas da União –dois órgãos que perscrutam os ralos do Turismo.

Empossado sob ceticismo generalizado, o ministro Gastão protagoniza algo que pode ser chamado de um bom começo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *