FLAMENGO VENCE E SE DISTANCIA DO REBAIXAMENTO

FLAMENGO VENCE E SE DISTANCIA DO REBAIXAMENTO

Foram sete partidas sem conseguir vencer. O Flamengo via adversários de cima se distanciarem e de baixo se aproximarem na tabela. O fantasma do Z-4 se aproximava. Neste domingo, num Serra Dourada com 23.887 pagantes, o time, após um primeiro tempo cheio de falhas, conseguiu, de virada por 2 a 1 sobre o Atlético-GO, os tão sonhados três pontos sobre o lanterna da competição. A atuação ainda está longe de agradar. Mas ao menos dá tranquiilidade para uma semana em que terá dois adversários difíceis no Engenhão: o vice-líder Atlético-MG de Ronaldinho Gaúcho, na quarta – partida do primeiro turno adiada -, e o líder, o Fluminense, no domingo.
Agora com 31 pontos na tabela, o Flamengo, em 14º lugar, dá uma respirada. E graças à estrela de dois veteranos. Primeiro, o estreante Cleber Santana, 31 anos, autor do primeiro gol. Depois, Liedson, 35 anos, que entrou na segunda etapa e fez o tento da virada que deixa o time mais distante do Z-4 e mantém o Atlético-GO na última posição – o Dragão terá pela frente, na próxima rodada, o Náutico, no Recife.
Na gangorra do Flamengo, os garotos que ajudaram no empate com o Grêmio deram vez aos jogadores mais rodados. Tudo fruto de uma equipe irregular, que ainda não consegue se acertar taticamente. A garra e a experiência, especialmente no segundo tempo, quando a equipe mostrou uma pequena melhora, superaram as inúmeras falhas, principalmente de marcação. E também no ataque, conforme lembrou o goleiro Felipe, aliviado após o resultado.
– Vocês estão vendo como a gente está, sete jogos sem vitória. Fazia tempo que eu não via o time perder tanto gol como a gente perdeu hoje, mas valeu o esforço. Queria agradecer também a essa torcida maravilhosa, nem parece que a gente está fora do Rio.

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *