FILHOS INGRATOS

FILHOS INGRATOS

Pode até ter passado despercebido para alguns, mas sempre atento o Blog não poderia deixar de tecer comentários a um fato ridículo e ao mesmo tempo lamentável ocorrido há poucos dias atrás. O Título de Cidadania Honorária Coelhonetense, preconizado pela Lei Orgânica do Município tem um significado muito especial e só é concedido pelos edis a pessoas que tenham prestado relevantes serviços ao município. Em outras palavras a partir do Título, os homenageados (as) passam a ser filho (s) da terra, referendados pelo povo por intermédio dos vereadores.

Quem participou da Sessão Solene de entrega dos Títulos de Cidadania Honorária desse ano, ocorrida no último dia 15, percebeu que todos (as) homenageados (as) têm uma ligação de muito tempo com o município e todas as referências foram pra lá de justas. No entanto duas pessoas que deveriam ser homenageadas não compareceram. Por iniciativa do vereador Fernando Couto-PRTB foi aprovado o Título aos médicos Regino Arisitides do Monte Costa (Dr. Regino) e Raimundo Porto Noleto (Dr. Noleto).

No entanto a muita coisa nesse fato do que supõe a nossa vã filosofia. Não é a primeira vez que os dois são convidados a receber seus Títulos e não comparecem. Uma verdadeira falta de respeito à homenagem e a cidade. É como se os dois não tivessem interessados no reconhecimento. Na agenda dos ditos senhores não sobrou espaço e tempo para aceitar se tornarem filhos de Coelho Neto, de fato. Quer uma prova maior de que a relação dos dois com o município é extremamente limitada à questão profissional e material? Não existe amor a essa terra, não existe respeito por essa gente, que durante tanto tempo foram responsáveis para que daqui tirassem seu sustento. Dr. Regino e Dr. Noleto não apenas faltaram na entrega por mais de uma vez, como sequer justificaram a ausência.

Segundo comentários que chegaram ao blog, Dr. Noleto (homenageado) e o vereador Fernando Couto (autor da homenagem) nunca se deram muito bem, talvez por isso a proposta tenha nascido para selar a paz. Não deu. Durante a Sessão, ouvimos vários dos formadores de opinião tecendo críticas aos dois médicos. De qualquer forma diante de tamanho reconhecimento não se aceita o descaso, o desrespeito a instituição, e aos munícipes. A Câmara precisa se posicionar e aprender a lição. Precisa ser mais seletiva na entrega dos Títulos e na escolha dos homenageados. Pelo que chegou ao blog, já existe um movimento ente os vereadores para revogar os Títulos. Nada mais justo!

Os doutores precisam aprender a lição. Como já demonstraram com suas atitudes, não merecem ser reconhecidos como “filhos de Coelho Neto”. Tamanha insensatez mostra que é melhor permanecerem de fora. Melhor que não pisassem mais por aqui, melhor ainda esquecerem a bondade que o povo desta terra um dia lhes devotou. Uma lástima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *