Família registra BO e pede ajuda para encontrar jovem de 19 anos desaparecida

Mylenna Silva Crateús, 19 anos, foi dada como desaparecida por sua família na tarde desta sexta-feira (20/01). A jovem é estudante do curso de enfermagem na Faculdade de Medicina da Universidade Estadual do Piauí (Facime / Uespi) e mora no Bairro Mafuá, zona norte de Teresina.

Segundo relatos dos próprios familiares, a estudante teria ido para a  universidade e ao término das aulas foi com as amigas para a parada de ônibus. A última vez que a viram teria sido por volta das 17h. “Ela é uma menina caseira e sempre avisa quando sai”, dizia uma mensagem espalhada em vários grupos de Whatsapp.

A reportagem do OitoMeia falou com um primo da jovem. Brenno Crateús disse que a família está preocupada e que não é normal Mylenna sumir sem informar à família. “Ela não é de sair, não é de ir em festa. Ela é mesmo caseira, sempre avisa, dá um telefonema”, afirmou.

As amigas de Mylenna teriam ido para a parada esperar um ônibus para irem para casa na rua Desembargador Pires de Castro. Myllena, no entanto, decidiu ir para a parada da avenida Frei Serafim, próxima ao Hospital Getúlio Vargas. Ela estava vestida com uma blusa florida, de calça e usando sandália ‘rasteira’.

Breno informou qua os pais da estudante  já foram até a Delegacia de Polícia fazer o Boletim de Ocorrência. Foram informados, no entanto, que precisam de 48h para decretar oficialmente o desaparecimento da jovem. A família está desesperada e pede que quem tenha informação entre em contato através dos telefones  (99) 9820 41475, que é o de Brenno Crateús, ou 86 99903 8277, de Vitor Crateús.

Do Portal OitoeMeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *