Fábio Gentil em Coelho Neto: um tapa de luva de pelica…

 

Durante estada em Coelho Neto na noite de ontem (20), para prestigar evento político do G-10, o prefeito de Caxias Fábio Gentil (PRB), deu um verdadeiro show no discurso, conseguindo desbancar de uma só vez a fala verborrágica do ex-prefeito Soliney Silva (MDB) e mesmo que indiretamente deixar mais nítida a apatia administrativa do governo liderado pelo prefeito Américo de Sousa (PT).

Fábio Gentil acompanhando o pai Zé Gentil durante atividade política em Coelho Neto: liderança inconteste

Ovacionado pela multidão durante sua fala, ele destacou a forma carinhosa como sempre foi recebido em Coelho Neto, contando um pouco de sua história até ser eleito prefeito de uma das maiores cidades do Maranhão e destacando a humildade como a principal qualidade para vencer uma disputa que parecia impossível.

Fábio evitou entrar na onda de baixaria do ex-prefeito Soliney Silva, mas não deixou de alfinetá-lo: Disseram que iam me fazer descer numa canoa com a ex-prefeita. Com você Márcia eu vou para qualquer lugar”, disse sob apalusos dos presentes, referendando o legado da ex-prefeita como exímia administradora da cidade.

Fábio Gentil durante discurso foi ovacionado pela multidão

“A única cidade brasileira que já pagou o mês de setembro na última quarta (19) foi Caxias. Foram quase R$ 19 milhões pagos para cerca de 10 mil funcionários e alguém pode dizer que estou fazendo isso porque meu pai é candidato. Não. Assumi a prefeitura no dia 1º de janeiro e no dia 15 já havia pago a primeira folha e durante esses  20 meses estamos pagando a folha antes do final do mês”, explicou. Ele destacou o abono dado esse ano a professores, além de outras categorias como agentes de endemias e agentes comunitários de saúde.

Ele aproveitou para lembrar o episódio de ajuda da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Coelho Neto, perseguida desde o início do atual governo onde aproveitou para contar o desafio de está construindo o maior hospital municipal do Estado com recursos próprios orçado em R$ 3,5 milhões de reais.

“Não sou prefeito de gabinete que se esconde atrás de quatro paredes. No nosso governo em Caxias estou nas ruas, nos bairros, onde ando de cabeça erguida, porque se eu fui eleito pelo povo é por ele que temos que trabalhar”, pontuou. Falou ainda das obras de calçamento, asfaltamento de ruas, construção de escolas, praças, festas (cidade natalina, aniversário da cidade, carnaval, festejo junino), além do arrojo do Mirante da Balaiada, tudo isso custeado com recursos próprios. Se tem algum prefeito por ai que não sabe fazer e quer aprender, vai em Caxias que a gente ensina”, provocou.

Ao final, Fábio explicou o segredo para continuar fazendo grandes realizações sem se reclamar de falta de dinheiro: “O segredo é não roubar”, disse sob aplausos efusivos da multidão. Ele também destacou o legado de Zé Gentil como deputado, sua condição de ficha limpa, sua honradez, sua biografia ilibada, seu jeito respeitador e assinalou o compromisso deste de após eleito trabalhar também por Coelho Neto.

Fábio Gentil é um administrador de excelência confirmado pelos dados de sua aprovação como um reconhecimento a sua liderança política e a revolução administrativa que está sendo feito na Princesa do Sertão. Sem dúvida, deveria ser o espelho para muito prefeito incompetente, que gasta tempo se reclamando quando deveria trabalhar para mudar a vida das pessoas.

O “cabeludo” matou dois coelhos com uma cajadada só: mostrou a grandeza de um homem público que não desce para a vala comum da baixaria e deu uma aula de gestão para quem se elegeu prefeito com discurso de mudança, mas que hoje faz justamente o contrário de tudo aquilo que prometeu.

Parafraseando o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama: esse é o cara!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *