EXCLUSIVO: NETO GAY DE JOÃO SANTOS SE CASA EM PERNAMBUCO

EXCLUSIVO: NETO GAY DE JOÃO SANTOS SE CASA EM PERNAMBUCO




Uma celebração que em nada se distancia dos tradicionais matrimônios entre homens e mulheres: damas de honra, bênção religiosa e muita emoção. O casamento dos arquitetos Zezinho (neto do empresário falecido João Santos) e Turíbio Santos (filho de fazendeiros da cidade de São João dos Patos-MA), além de uma bela festa, foi um marco em Pernambuco e pode ser o precursor de outras uniões entre pessoas de mesmo sexo no Estado.

A celebração aconteceu na Coudelaria Souza Leão, às 17h35 desta sexta-feira (4), e contou com presenças ilustres como Miguel Falabella, Aracy Balabanian e Romero Britto. No altar, uma árvore ornamentada de gérberas.

Antes do início da cerimônia, os convidados aguardavam os noivos ao som de uma orquestra que executava clássicos de compositores como Tchaikovsky e Wagner. Por volta das 17h30, a orquestra puxou a marcha nupcial, e no ápice da lua cheia, os noivos entraram, de mãos dadas e acompanhados das mães.

A cerimônia foi curta, mas tudo como manda o figurino. Quem celebrou foi um pastor da Igreja Cristã Inclusiva. Logo no início, o “sim” dos arquitetos. Na leitura da bíblia, um capítulo do livro de Samuel que relata o amor entre Jônatas e Davi. Seguiu-se a bênção dos noivos e a troca de alianças, momento em que, emocionados, Zezinho e Tibúrio efetuaram um forte abraço.

Os padrinhos, então, fizeram a leitura do compromisso e, em seguida, todos rezaram o Pai Nosso. Chegou o momento em que a mãe de Turíbio, Sílvia Santos e o pai de Zezinho, José Santos(Dr. José Santos cumprimnta o filho na foto acima), discursaram, destacando a coragem e o amor dos filhos.

O Pastor encerrou a cerimônia e, em mais um momento emocionante e ao som da Ode à Alegria, de Beethoven, os noivos se abraçaram e acompanharam a queima de fogos. Nessa hora, um beijo selou a união entre os dois.

TRECHO BÍBLICO DESTACADO NO PROGRAMA DO CASAMENTO

I Livro de Samuel,capítulo 18

“E sucedeu que, acabando ele de falar com Saul, a alma de Jônatas se ligou com a alma de Davi; e Jônatas o amou, como à sua própria alma. E Jônatas se despojou da capa que trazia sobre si. e a deu a Davi, como também as suas vestes, até a sua espada, e o seu arco, e o seu cinto. E Jônatas chamou a Davi, e contou-lhe todas estas palavras; e Jônatas levou Davi a Saul, e esteve perante ele como antes. Então, Davi tornou a jurar e disse: Não saiba isso Jônatas, para que não se magoe. Mas, na verdade, como vive o SENHOR, e como vive a tua alma, há apenas um passo entre mim e a morte. E disse Jônatas a Davi: O que disser a tua alma, eu te farei. O SENHOR de Israel seja testemunha! Sondando eu a meu pai amanhã a estas horas, ou depois de amanhã, e eis que se houver coisa favorável para Davi, e eu não enviar a ti, e não to fizer saber; Assim fez Jonas aliança com a casa de Davi, dizendo: O SENHOR o requeira na mão dos inimigos de Davi. E Jônatas fez jurar a Davi de novo, porquanto o amava; porque o amava com todo o amor da sua alma”.

A festa seguiu com direito a show de Rita Lee, amiga do casal, que iniciou o repertório cantando “No escurinho do cinema”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *