EXCLUSIVO: IGOR LAGO ABRE O JOGO

EXCLUSIVO: IGOR LAGO ABRE O JOGO

O quadro do Jackson é grave. Estamos esperando a evolução dos antibióticos É natural que alguns companheiros cobrem nossa participação na política Padre Antonio Vieira dizia que o Maranhão é terra da mentira e ladroagem O artigo foi uma resposta a tudo que aconteceu em 2010. A gente incomoda

Conversei neste sábado, por telefone, na casa do empresário Eduardo Lago, com o médico Igor Lago (FOTO), filho do ex-governador Jackson Lago. Antes de mim ele teve uma conversa com o advogado Marcos Lobo, um dos principais responsáveis pela cassação do ex-governador pelo TSE em 2009.

Marcos Lobo desejou melhoras a Jackson e explicou que sempre foi adversário leal do ex-governador, combatendo-o de frente por causa de seu trabalho como profissional do direito. “Pior foram aqueles que ficaram do lado dele e fizeram o que fizeram”, disse o advogado no que Igor, do outro lado da linha, parece ter concordado.

Abaixo, os principais trechos da conversa que ele teve comigo:

Saúde

Aparentando tranquilidade, apesar do estado de saúde do pai, internado na unidade coronariana do Hospital do Coração, em São Paulo, Igor disse que o quadro do ex-governador é grave, mas estável.

“É um quadro grave, ele sofre de uma doença grave (câncer de próstata) e é um senhor de 76 anos. Enfrenta a doença e seus efeitos colaterais. A gente não sabe como vai ser essa evolução. É uma incógnita para a família”, assinalou.

Segundo Igor, que também é médico, não se sabe ao certo o motivo da nova internação do pedetista. Acredita-se que seja por conta de uma pneumonia, mas os exames feitos ainda não deram o diagnóstico exato. “É uma infecção causada pelos efeitos da quimioterapia (que baixa a defesa do organismo).”

De acordo com ele, Jackson apresenta um quadro de cansaço, mas está consciente e recebe somente os familiares na unidade coronariana, espécie de UTI. “Estamos esperando a evolução dos antibióticos.”

Política

Igor riu quando lhe perguntei se ele poderia ser candidato a vice-prefeito na chapa de João Castelo (PSDB), em São Luís, ou mesmo de algum candidato em Imperatriz, onde Jackson mantém grande popularidade. “Isso nunca chegou aos meus ouvidos. O padre Antonio Vieira dizia que o Maranhão é a terra da mentira e da ladroagem”, afirmou.

Disse ainda que o pai sempre preservou os filhos da questão política. Afirmou não ter pretensão de seguir a carreira do ex-governador. Admitiu, no entanto, que muitos “companheiros” estão cobrando isso dele. “É natural que, pelo fato de ser filho do Jackson, um ou outro companheiro cobre isso da gente”, declarou.

Artigo

Sobre o artigo em que critica o grupo político comandado pela governadora Roseana Sarney (PMDB) e chama o ex-governador José Reinaldo (PSB) e o ex-deputado Flávio Dino (PCdoB) de “oportunistas, gatunos loucos e sedentos pelo poder”, explica que apenas quis lembrar das eleições do ano passado quando o comunista e socialista diziam que Jackson não poderia ser candidato por causa da Lei da Ficha Limpa.

“Foi uma resposta a tudo o que aconteceu em 2010. (a repercussão) Mostra que a gente incomoda. Desde 1989 que as eleições no Brasil estão sendo marcadas por casuísmos. Querem mudar a regra do jogo durante o jogo”, declarou.

Do Blog do Décio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *