Eu avisei: Américo divide o grupo e sacrifica votos de Rafael Leitoa

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), é sem dúvida alguma o gestor mais perdido em época eleitoral que se tem notícia por essas bandas.

Sem rumo e com vergonha de colocar a cara na rua para pedir votos para seus candidatos, o prefeito opera nos bastidores e já fez aquilo que esse blog já havia dito: dividiu o seu tímido grupo.

O mais sacrificado da história é na verdade o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT), que sonhava em ser o candidato único, conforme ventilado por diversas vezes por seus capatazes na internet. O pedetista que contava com os votos de Coelho Neto deveria por as barbas de molho, pois não há no grupo do prefeito ninguém com estrutura de campanha na rua para ir atrás de voto para ninguém, muito menos para ele. Ao contrário o que se ouve pelos cantos é choro e muita reclamação da pindaíba.

Não há na história política um prefeito que tenha se anulado do processo político posterior a sua eleição como Américo. Com a fama de traidor Maranhão afora após o episódio envolvendo o deputado federal Zé Carlos (PT), o petista confirma que é um político do acaso.

Que se esconde atrás de um governo apático e medíocre…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *