Estado discute ações para desenvolvimento de projetos voltados para os jovens

Foto-1-Divulgação-Sectec-projetos-para-jovens-maranhenses

Seguindo a orientação do governador Flávio Dino de integração dos órgãos estaduais para maior efetividade das políticas públicas desenvolvidas pelo Estado, representantes das secretarias estaduais de Juventude (SEEJUV) e Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectec) debateram projetos direcionados aos jovens maranhenses. A reunião foi realizada nesta segunda-feira (02) na sede da Sectec, com a presença dos titulares das duas pastas.

O titular da Sectec, Bira do Pindaré, debateu com a titular de Juventude, Tatiana Pereira, oportunidades de profissionalização e emprego para jovens maranhenses, o tema é uma das prioridades da gestão Flávio Dino (PCdoB). De acordo com Bira, o caminho é a oferta de cursos técnicos, de programas de estágio, além do fortalecimento da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

A secretária Tatiana Pereira apresentou importantes propostas para o fortalecimento da educação tecnológica no estado, sobretudo, para as comunidades quilombolas, que ainda sofrem com a falta de inclusão digital. De acordo com Tatiana, muitos jovens que vivem em área rural e quilombolas ainda perdem oportunidades de formação, concurso e emprego por falta de tecnologia adequada para receber informação e se inscrever em concursos ou vagas de trabalho.

Lembrando as palavras ditas pelo governador sobre a democratização do poder, da informação e do conhecimento, o secretário Bira adiantou a existência de projetos e ações em andamento que, em breve, levarão informação e conhecimento para a periferia, áreas rurais e quilombolas de todo Maranhão. Tudo usando a tecnologia e possibilitando o desenvolvimento da inovação, com incentivo à pesquisa.

A reunião foi marcada após a primeira edição do “Diálogos com as Juventudes”, projeto da SEEJUV direcionado aos vários setores da juventude maranhense, quando o secretário Bira do Pindaré convidou a titular da SEEJUV para conhecer os projetos com público-alvo comum.

Da Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *