ESCULHAMBOU DE VEZ: $INTASP PERDE MAIS OUTRA

ESCULHAMBOU DE VEZ: $INTASP PERDE MAIS OUTRA

Desde o último final de semana um terremoto de grandes proporções atingiu em cheio uma pequena parte da cidade, mas precisamente no trecho onde está instalado o prédio “mal assombrado” da Rua das Virtudes. Acostumados a “ganhar”, a turma balaia alinhada ao $INTASP comemorou com muita festa a decisão da justiça local de bloquear as contas da Prefeitura e autorizar o repasse dos descontos das contribuições sindicais e da APSERV ao Sindicato. Não esperavam que o melhor ainda estava por vir.

Após a primeira decisão o prefeito Soliney Silva cumpriu o Alvará Judicial de 18 de março de 2011 e autorizou a liberação dos recursos sendo R$ 59.531,94(cinqüenta e nove mil, quinhentos e trinta e um reais e noventa e quatro centavos), referentes às contribuições sindicais dos meses de dezembro/2010, janeiro e fevereiro de 2011 e para a APSERV, foi repassado, R$ 55.501,34(cinqüenta e cinco mil, quinhentos e um reais e trinta e quatro centavos), referente ao plano de saúde no mês de fevereiro de 2011.

Ao que parece os servidores estavam por fora dessa deixa do Sindicato fato que ficou comprovado após os servidores tomarem conhecimento da outra decisão judicial. A nova sentença proferida pelo Tribunal de Justiça do Maranhão dava ganho de causa ao município de Coelho Neto e o que é pior determinava ao $INTASP e a APSERV devolver aos cofres públicos a quantia que havia sido repassada anteriormente. O que eu ouvi de servidores que a partir de mais essa “bola fora” iriam se desfiliar da entidade não estava escrito…: Toda essa fúria tem uma explicação lógica: não ficaram nada satisfeito em sentir no próprio bolso as “gracinhas” feitas pelo $INTASP.

Depois de tamanho desconforto aos filiados, o Sindicato novamente se apequena diante da classe e de uma queda de braço que anteriormente sempre lhe era favorável. A decisão judicial só reforça aquilo que temos dito aqui de que o Sindicato perdeu o foco, o rumo e a fórmula de como exigir direitos. Ultimamente todas as formas de reivindicar tem sido um tiro no próprio pé e uma exposição desnecessária a dezenas de servidores. Quem não se lembra da greve decretada ilegal?

É muito bom que depois de mais essa derrota na justiça, o $INTASP aproveite a deixa e se junte ao SINPROESSEMA e revejam as formas de reivindicar pois as duas entidades além de querer comandar greves tem outra coisa em comum: não ganham uma na justiça… Tá brabo o negócio hein Osmar!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *